Alternativa na alternância conhecendo os sujeitos da Escola Família Agrícola (EFA) e suas contribuições no processo de reprodução camponesa em Anagé/BA

Main Article Content

Guilherme Matos de Oliveira
João Dionôr
Suzane Tosta

Resumo

Na busca pela compreensão da reprodução do campesinato em meio às contradições do modo de produção vigente, percebe-se a importância constante da Educação do Campo nesse processo. Dentro desta perspectiva, este texto tem o intuito de elucidar as trajetórias dos sujeitos que compõem a Escola Família Agrícola (EFA) do município de Anagé, no estado da Bahia, ao passo de entender como suas atividades pedagógicas estão em consonância à realidade das comunidades onde seus integrantes fazem parte; e de como a proposta da pedagogia da alternância trabalhada nesta escola vem contribuindo, estrategicamente, como uma alternativa – dentre várias outras – para a garantia de reprodução da vida e do trabalho camponês neste município.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Matos de Oliveira, G., Dionôr Souza , J. P., & Tosta Souza, S. (2019). Alternativa na alternância. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 14(33 Ago.). https://doi.org/10.14393/RCT143304
Seção
Artigos
Biografia do Autor

João Dionôr, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia

Graduado em Geografia pelo Curso de Licenciatura Plena em Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Suzane Tosta , Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB

Possui graduação em Geografia (Licenciatura) pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1996), Especialização em Ensino de Geociências no 3º Grau pela Universidade Estadual de Feira de Santana (1998), Mestrado em Geografia Humana pela Universidade Federal da Bahia (2001) e Doutorado em Geografia Humana pela Universidade Federal de Sergipe (2008). Atualmente é professora Titular dos Cursos de Graduação e Pós Graduação (Lato Sensu e Stricto Sensu) em Geografia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Trabalho, Mobilidade e Relação Campo-Cidade (CNPq). Pesquisadora do Grupo Estado, Capital, Trabalho e as Políticas de Reordenamentos Territoriais (GPECT-UFS/CNPq) e do Grupo de Pesquisa Ideologia e Memória (GEILC-UESB/CNPq). Parecerista em diversas revistas na Área de Geografia e Ciências Humanas. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Agrária e Teoria e Método em Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: agricultura camponesa e território, luta pela terra, questões teóricas e metodológicas da Geografia e da Geografia Agrária. Trabalho e Mobilidade do trabalho no campo e nas cidades. Capitalismo e transformações espaciais no campo brasileiro. Relação Campo - cidade e Produção do espaço.