Caracterizações socioeconômica e espacial do trabalho infantil nas regiões rurais e urbanas do estado de Minas Gerais / Socioeconomic and space characterizations of child labor in the rural and urban regions of the state of Minas Gerais

Main Article Content

Luiz Eduardo Rocha

Resumo

Há um consenso na literatura que o trabalho infantil se trata de um fenômeno complexo e de difícil interpretação devido aos seus múltiplos fatores determinantes. Apesar do decréscimo do trabalho infantil nas últimas décadas, em 2010, segundo dados do Censo demográfico, 12,8% da população, entre 10 e 17 anos, estavam inseridos no mercado de trabalho no estado de Minas Gerais, o que representa o total de 345 mil crianças e adolescentes. Para analisar as características socioeconômicas do trabalho infantil será utilizada a classificação sociológica, tendo em vista que ela vai além dos fatores puramente econômicos, incorporando questões culturais e sociais. Para obtermos uma divisão do território mais próxima da realidade, diferente da delimitação oficial, utilizou-se três critérios combinados para a definição dos espaços rural e urbano: delimitação administrativa, contingente populacional e densidade demográfica. Tendo em vista a dimensão territorial e a heterogeneidade social e cultural do estado, utilizou-se o método da Análise Exploratória de Dados Espaciais (AEDE), por meio da estatística I de Moran e da análise de identificação de clusters, para identificar o relacionamento e a distribuição do trabalho infantil entre os municípios do estado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Rocha, L. E. (2019). Caracterizações socioeconômica e espacial do trabalho infantil nas regiões rurais e urbanas do estado de Minas Gerais / Socioeconomic and space characterizations of child labor in the rural and urban regions of the state of Minas Gerais. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 14(32 Abr.). https://doi.org/10.14393/RCT143203
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Luiz Eduardo Rocha, Universidade Federal de São João del Rei -UFSJ

Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1988), Mestre em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa (1994), Doutor em Economia Rural pela Universidade Federal de Viçosa (2000) e Pós-Doutor na área de Economia Regional e Políticias Públicas pela Universidade de Viçosa (2009) e pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional da Universidade Federal de Minas Gerais (2017). Atualmente sou Professor titular do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Federal de São João del-Rei (Brasil). Desenvolvo pesquisas e orientações acadêmicas na área de Economia, com ênfase em Economia do Bem-Estar; Indicadores de Renda e Pobreza; Desenvolvimento Humano e Economia do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento humano, demografia da educação, estratificação social e ocupacional, mercado de trabalho, desigualdade e pobreza, e desenvolvimento rural. Apresentei mais de sessenta trabalhos em eventos nacionais e internacionais.