OS ESTUDOS AGRÁRIOS NO ÂMBITO DA GEOGRAFIA OFICIAL BRASILEIRA: O INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE) E O PERIÓDICO REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA (RBG) - 1940-2005 / AGRARIAN STUDIES WITHIN THE OFFICIAL BRAZILIAN GEOGRAPHY: THE BRAZI..

Main Article Content

Glaucio José Marafon
Miguel Angelo Ribeiro

Resumo

A pesquisa em tela trata de analisar a contribuição do periódico Revista Brasileira de Geografia (RGB) no âmbito dos estudos agrários no Brasil, e suas articulações com as escolas de pensamento tradicional, neopositivista (quantitativa) e crítica; escolas estas que marcaram a geografia em nosso país e vieram contribuir com o embasamento teórico-conceitual e sua aplicabilidade aos estudos empíricos. Posto isto, a presente pesquisa procura desvendar essa contribuição no período que se estende de 1940, quando da primeira publicação do referido periódico, até o ano de 2005, concretizando 65 anos de publicações. As questões que norteiam esta pesquisa são: qual a contribuição do IBGE, através do periódico RBG, aos estudos agrários brasileiros? E qual a relação dos artigos publicados com as correntes do pensamento geográfico nos estudos agrários?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Marafon, G. J., & Ribeiro, M. A. (2014). OS ESTUDOS AGRÁRIOS NO ÂMBITO DA GEOGRAFIA OFICIAL BRASILEIRA: O INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE) E O PERIÓDICO REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA (RBG) - 1940-2005 / AGRARIAN STUDIES WITHIN THE OFFICIAL BRAZILIAN GEOGRAPHY: THE BRAZI. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 9(17). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/22730
Seção
Artigos