POLÍTICAS PÚBLICAS E MASCULINIZAÇÃO RURAL NO RIO GRANDE DO SUL - uma abordagem a partir das condições regionais / PUBLIC POLICIES AND RURAL MASCULINIZATION IN RIO GRANDE DO SUL - an approach based on regional conditions

Main Article Content

Cassiane da Costa
José Marcos Froehlich

Resumo

Nas últimas décadas, a população rural do Rio Grande do Sul (RS) vem passando por
um processo de masculinização, provocado pelo êxodo rural seletivo de mulheres.
Considerando que este processo guarda relação com especificidades regionais, este
artigo relaciona algumas das principais políticas públicas brasileiras voltadas às
mulheres rurais com as condições específicas dos nove sistemas agrários do RS. Para
possibilitar melhor eficácia no enfrentamento da masculinização rural, estas políticas
precisam passar a considerar as especificidades regionais, o que não acontece, já que
são genéricas. Sugere-se, de forma geral, que o foco das ações deve priorizar as regiões
onde o processo é mais intenso, promovendo a agricultura familiar e a intensificação
dos sistemas produtivos. Considera-se, por fim, que a adequação de políticas públicas às
especificidades regionais pode apresentar maior capacidade de promover a permanência
das mulheres no rural, resultando em redução da masculinização e contribuindo para a
sustentabilidade social dos territórios rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
da Costa, C., & Froehlich, J. M. (2014). POLÍTICAS PÚBLICAS E MASCULINIZAÇÃO RURAL NO RIO GRANDE DO SUL - uma abordagem a partir das condições regionais / PUBLIC POLICIES AND RURAL MASCULINIZATION IN RIO GRANDE DO SUL - an approach based on regional conditions. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 9(17). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/20888
Seção
Artigos