A VULNERABILIDADE E A RESILIÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM REGIÕES SEMIÁRIDAS: o caso do Seridó Potiguar/THE VULNERABILITY AND RESILIENCE OF FAMILY FARMING ON SEMIARID REGIONS: the case of the Potiguar's Seridó

Main Article Content

Anna Jéssica Pinto de Andrade
Cimone Rozendo de Souza
Neusiene Medeiros da Silva

Resumo

As condições climáticas e ambientais de aridez ou semiaridez afetam a produção agrícola e criam uma situação de vulnerabilidade para as populações rurais dos países subdesenvolvidos. Nesse sentido, buscou-se, no presente estudo, compreender a vulnerabilidade da agricultura familiar aos fatores climáticos e ambientais do semiárido através da pesquisa em 29 comunidades da região do Seridó do Rio Grande do Norte. Foram analisados diferentes elementos socioeconômicos e ambientais considerando que a vulnerabilidade é determinada por fatores de exposição, sensibilidade e resiliência do sistema socioecológico. Identificou-se que a escassez de recursos hídricos, aliada à degradação ambiental, transforma o Seridó numa região naturalmente limitada para a agricultura. Outros fatores como o tamanho reduzido das propriedades, a falta de recursos e de assistência técnica, e o baixo nível de escolaridade limitam consideravelmente a capacidade de resiliência. Assim, em períodos de ocorrência de secas, estiagens ou enchentes, a produção agrícola é altamente prejudicada. As alternativas de adaptação encontradas por agricultores passam pela: redução da produção agrícola, migração dos jovens para as áreas urbanas do Estado e obtenção de renda fora da propriedade. Por fim, acredita-se que este estudo pode colaborar para a compreensão das características da vulnerabilidade da agricultura familiar do Seridó e auxiliar a busca por alternativas que sejam coerentes com as necessidades dos agricultores e com as peculiaridades ambientais do semiárido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Pinto de Andrade, A. J., Souza, C. R. de, & Silva, N. M. da. (2013). A VULNERABILIDADE E A RESILIÊNCIA DA AGRICULTURA FAMILIAR EM REGIÕES SEMIÁRIDAS: o caso do Seridó Potiguar/THE VULNERABILITY AND RESILIENCE OF FAMILY FARMING ON SEMIARID REGIONS: the case of the Potiguar’s Seridó. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 8(15). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/19590
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Anna Jéssica Pinto de Andrade, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente pelo PROMEMA-UFRN

Cimone Rozendo de Souza, UFRN

Profa. Dra. do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte