AVALIAÇÃO DA PAISAGEM NA GLEBA CAVALCANTE, NOVA XAVANTINA, MATO GROSSO, NO PER͍ODO DE 1990 - 2011/EVALUATION OF LANDSCAPE ATTRIBUTES FROM 1990 TO 2011 OF THE GLEBA CAVALCANTI, NOVA XAVANTINA, MATO GROSSO, BRAZIL

Main Article Content

Lourivaldo Amancio Amancio de Castro
Fabiano Rodrigues de Melo
Amintas Nazareth Rossete

Resumo

Os processos de uso e ocupação da terra em áreas de cerrado no Centro-Oeste brasileiro têm produzido uma série de alterações na paisagem, muitas vezes em desacordo com a legislação ambiental e das características naturais do ambiente. Este trabalho teve como objetivo analisar a paisagem da Gleba Cavalcante - Nova Xavantina (MT), no período de 1990 a 2011. Para tanto foram realizadas análises multitemporais dos padrões de uso e cobertura da terra, por meio da classificação digital de imagens de satélite (LANDSAT TM) e elaboração de mapas temáticos. Foi observada que durante o período analisado, entre 1990 e 2011 a principal modificação ocorrida foi à conversão de áreas de vegetação nativa em sistemas Agropastoris, em torno de 28,16% da área. Foram verificadas irregularidades em relação à legislação ambiental, principalmente com a ocupação de áreas de preservação permanente nas margens dos cursos d'água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Amancio de Castro, L. A., Melo, F. R. de, & Rossete, A. N. (2013). AVALIAÇÃO DA PAISAGEM NA GLEBA CAVALCANTE, NOVA XAVANTINA, MATO GROSSO, NO PER͍ODO DE 1990 - 2011/EVALUATION OF LANDSCAPE ATTRIBUTES FROM 1990 TO 2011 OF THE GLEBA CAVALCANTI, NOVA XAVANTINA, MATO GROSSO, BRAZIL. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 8(15). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/17458
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Lourivaldo Amancio Amancio de Castro, UNEMAT - Universidade do Estado de Mato Grosso

Biólogo, formado na UNEMAT Campus de Nova Xavantina, Mestre em Geografia pela UFG Campus de Jataí - GO, graduando em Agronomia na UNEMAT Nova Xavantina e funcionário desta como técnico em laboratório.