RURALIDADES NA COMPREENSÃO DOS TERRITÓRIOS DO VINHO E SUA IDENTIDADE/RURALITIES IN THE COMPREHENSION OF THE WINE TERRITORIES AND THEIR IDENTITY

Main Article Content

Shana Sabbado Flores
Rosa Maria Vieira Medeiros

Resumo

O estudo de questões envolvendo o rural traz à tona a complexidade inerente ao conceito e tratamento do tema, impondo uma cuidadosa observação de suas relações para uma efetiva compreensão. Nesse sentido, o uso das ruralidades como categoria de análise se torna uma ferramenta importante na compreensão do rural e suas questões. A partir da abordagem das ruralidades, o trabalho analisa os atores sociais que constituem o território dos "Vinhos da Campanha" e suas perspectivas de sustentabilidade. Assim, os atores sociais foram agrupados de acordo com alguns critérios - como, relação com a cultura e a terra, meios de produção e comercialização e origem do capital investido - resultando em três categorias: (1) a vitivinicultura corporativa, (2) os empreendedores e (3) os produtores independentes. Dessa maneira pode ser observado como a relação de grupos distintos com a vitivinicultura caracteriza novas ruralidades para a Campanha Gaúcha, configurando o território dos Vinhos da Campanha. As novas ruralidades acabam por sintetizar novas formas de apropriação do espaço, novas territorialidades, agregando funcionalidades ao rural, o que aumenta sua complexidade, trazendo novas oportunidades e desafios. Ao mesmo tempo, podem ser observados fatores que ligam as novas ruralidades a princípios de sustentabilidade, dentro de um escopo social e territorial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Flores, S. S., & Medeiros, R. M. V. (2013). RURALIDADES NA COMPREENSÃO DOS TERRITÓRIOS DO VINHO E SUA IDENTIDADE/RURALITIES IN THE COMPREHENSION OF THE WINE TERRITORIES AND THEIR IDENTITY. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 8(15). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/17339
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Shana Sabbado Flores, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)

Professora no IFRS - campus Osório Mestre e doutoranda em Geografia pela UFRGS

Rosa Maria Vieira Medeiros, Programa de Pós-Graduação em Geografia/UFRGS

Professora no Programa de Pós-Graduação em Geografia/UFRGS