MANIPULAÇÃO DO TERRITÓRIO: o agronegócio e o campesinato na Amazônia / MANIPULATION DU TERRITOIRE: l'agro-industrie et les paysans de l'Amazonie

Main Article Content

Cleilton Sampaio de Farias

Resumo

Este texto é produto dos primeiros apontamentos que fizemos em referência a pesquisa "Agroindústria Ãlcool Verde: o avanço do capitalismo no campo e suas implicações sobre o projeto de assentamento Zaqueu Machado - Capixaba. AC", vinculada ao Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional da UFAC. Nele abordamos o desenvolvimento desigual e contraditório do capital na agricultura brasileira, em especial no município de Capixaba no estado do Acre, onde se territorializa a Agroindústria Ãlcool Verde com implicações na estrutura fundiária local, principalmente nos projetos de assentamento Alcobrás e Zaqueu Machado. Para tanto, buscamos descrever como o Estado influi nesse processo de desorganização/manipulação do território, através do discurso de modernização e desenvolvimento regional, destacando qual é papel do agronegócio e do camponês no processo descrito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
de Farias, C. S. (2010). MANIPULAÇÃO DO TERRITÓRIO: o agronegócio e o campesinato na Amazônia / MANIPULATION DU TERRITOIRE: l’agro-industrie et les paysans de l’Amazonie. CAMPO - TERRITÓRIO: REVISTA DE GEOGRAFIA AGRÁRIA, 5(9). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/campoterritorio/article/view/11929
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Cleilton Sampaio de Farias, josé Farias de Souza e Evilázia Sampaio de Farias

C.S. FARIAS