ORIGEM, ASCENSÃO E DECADÊNCIA DAS CERVEJARIAS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL: UM RECORTE ESPAÇO-TEMPORAL DO SÉCULO XIX E XX

Main Article Content

Tiaraju Salini Duarte
William Martins Lourenço
Guilherme Fontana

Resumo

A produção de cerveja no Brasil apresenta-se como uma importante base econômica relacionada a diversos setores. Neste contexto nacional, destacam-se como centros produtores de cerveja a região Sudeste e Sul do território brasileiro. No que tange a região Sul, o estado do Rio Grande do Sul possui o maior número de empresas deste setor. Diante deste contexto, o presente artigo objetiva analisar a produção cervejeira neste estado, desde sua origem no século XIX até sua decadência ao longo da segunda metade do século XX. Pode-se constatar que a produção de cerveja transpassa três períodos: (1) a gênese, relacionada a imigração alemã no inicio do século XIX; (2) a expansão da produção e a passagem de um sistema artesanal/familiar para uma logística industrial no final do século XIX; e, por fim, (3) a decadência da produção com a entrada do capital oriundo da região Sudeste.  Após análise dos dados, conclui-se que a produção de cerveja no Rio Grande do Sul passou por diversas fases e, mesmo representando um dos principais pólos produtivos, possui desafios relativos a pensar este setor nos próximos anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos