ÁREAS DE VULNERABILIDADE EM NATAL/RN, BRASIL: ANÁLISE DA ZONA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL 9 (ZPA 9)

Main Article Content

Anderson Geová Maia de Brito
Lutiane Queiroz de ALmeida
Marysol Dantas de Medeiros
Juliana Felipe Farias

Resumo

Historicamente, grupos sociais marginalizados e economicamente vulneráveis de países emergentes e subdesenvolvidos, se instalam em áreas instáveis do ponto de vista físico-ambiental, amplificando riscos já existentes ou propiciando a ocorrência de desastres. Diante desse contexto, a presente pesquisa buscou identificar e analisar as áreas de vulnerabilidade ambiental da Zona de Proteção Ambiental 9 (ZPA 9), que está localizada na Zona Administrativa Norte do município de Natal/RN. Este objetivo levou em consideração que a ZPA 9 é umas das cinco Zonas Ambientais não regulamentadas do município, o que acarreta especulação imobiliária, práticas econômicas nocivas  e um avanço urbano desordenado. A partir de pesquisas bibliográficas, fundamentou-se teoricamente a pesquisa em literaturas que tratam dos conceitos de risco, perigo e vulnerabilidade na ciência Geográfica, e metodologicamente nos processos morfodinâmicos das unidades geoambientais, os quais através dos Planos de Informação (PIs), forneceram a partir de uma média simples, o Índice de Vulnerabilidade Ambiental da ZPA 9. No qual observou-se que as médias de vulnerabilidade variam de 1,6 (moderamente estável) a 3,0 (vulnerável), representadas cartograficamente pela classificação RGB de cores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Anderson Geová Maia de Brito, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestrando e Graduado em Geografia na modalidade Bacharelado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Foi membro discente do Programa de Educação Tutorial (PET) do referido curso por 3 (três) anos, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa e extensão. Atuou como Monitor Voluntário Institucional das disciplinas de Climatologia Sistemática, Meteorologia e Climatologia, Hidrologia e Pedologia por um 1 (um) ano. Foi professor de Geografia da Rede Emancipa de cursinhos populares. Atualmente faz parte do grupo de pesquisa em Dinâmicas ambientais, riscos e ordenamento do território (GEORISCO) do curso de Geografia da UFRN, além de desenvolver pesquisas nas áreas de Climatologia, Educação Ambiental e Vulnerabilidade Socioambiental. Possui experiência em Geoprocessamento, análise e tabulação de dados, administração documental e financeira