ESTIMATIVA DE PERDA DE SOLO NO OESTE DA BAHIA (BRASIL) A PARTIR DA ALTERAÇÃO DO USO E COBERTURA DA TERRA

Main Article Content

André Barbosa Ribeiro Ferreira
Gabriel Pereira
Bráulio Magalhães Fonseca
Julio Cesar Costa
Francielle da Silva Cardozo

Resumo

A utilização exacerbada dos recursos naturais gera prejuízos socioambientais e econômicos. O uso intensivo do solo e a conversão do Uso e Cobertura da Terra (UCT) unidos representam um risco ainda maior, pois favorecem a intensificação dos processos erosivos. Diante disso, essa pesquisa teve como objetivo efetuar uma comparação do UCT para os anos de 1985 e 2015 e aplicar a Equação Universal de Perda de Solos (EUPS) para a região do extremo oeste baiano. Essa região no decorrer das últimas décadas vem passando por uma intensiva expansão dos cultivos agrícolas, alterando de maneira significativa o UCT a partir do desmatamento, propiciando e acelerando processos que até então ocorriam de maneira natural. A quantificação da perda de solo foi estabelecida para a região a partir da aplicação da EUPS e apontou que no ano de 1985 as perdas foram 29% superiores a 2015. O resultado não indica que as áreas agrícolas oferecem maior proteção ao solo, e pode ser explicado pelo contexto histórico de abertura das fronteiras agrícolas, que teve seu auge a partir da década de 1960 e utilizava fortemente o fogo para este propósito, deixando o solo exposto por mais tempo e tornando-o mais susceptível às intempéries.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

André Barbosa Ribeiro Ferreira, Universidade Federal de São João del-Rei

Mestre em Geografia

Gabriel Pereira, Universidade Federal de São João del-Rei

Departamento de Geociências

Bráulio Magalhães Fonseca, Universidade Federal de Minas Gerais

Departamento de Geociências

Julio Cesar Costa, Universidade Federal de São João del-Rei

Mestrando em Geografia pela Universidade Federal de São João del-Rei

Francielle da Silva Cardozo, Universidade Federal de São João del-Rei

Pesquisadora e Professora na instituição Universidade Federal de São João del-Rei