ÍNDICE DO POTENCIAL POLUIDOR DAS INDÚSTRIAS NO ESTADO DE MATO GROSSO: UMA ANÁLISE DA VARIAÇÃO ENTRE OS ANOS DE 2000, 2005 E 2010

Felipe Abrão Franco, Geonir Paulo Schnorr, Rodrigo Marques

Resumo


Este trabalho apresenta uma análise industrial no estado de Mato Grosso a partir da aplicação do Índice Potencial Poluidor das Indústrias Extrativistas e de Transformação (INPP) para os anos de 2000, 2005 e 2010. No intuito de orientar as políticas públicas, uma vez que o aumento da atividade industrial sem o devido acompanhamento pode causar grandes impactos ambientais. Foi calculado o INPP para os municípios do Estado de Mato Grosso seguindo metodologia da Fundação de Economia e Estatística (FEE) do Estado do Rio Grande do Sul que considera o nível de dependência das atividades com potencial poluidor e o tamanho da produção industrial de um município. Os resultados mostraram o crescimento do INPP nos municípios do Estado de Mato Grosso, com o município de Rondonópolis superando a capital Cuiabá no ano de 2010. Também se constatou que a instalação da ferrovia na pequena cidade de Alto Araguaia elevou o INPP deste município para o quarto maior do estado. Outro fator importante é que o crescimento industrial se deu com maior ênfase nas cidades mais dependentes do agronegócio.

Palavras-chave


Indicadores Ambientais; Análise Industrial; Planejamento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14393/RCG186309