CARACTERIZAÇÃO HIDROSSEDIMENTOLÓGICA DOS TRECHOS ALUVIAIS DA BACIA RIACHO DO TIGRE – PB

Adonai Felipe Pereira de Lima Silva, Jonas Otaviano Praça de Souza

Resumo


As pesquisas voltadas à gestão dos recursos hídricos vêm ganhando importância nos últimos anos no Brasil, sobretudo no nordeste, em decorrência dos anos de estiagem prolongada em ambientes semiáridos. Contudo, a exploração dos aqüíferos aluviais surge como alternativa complementar para suprir a carência hídrica, buscando aperfeiçoar as formas de captação, armazenamento e uso de água pelas comunidades. Assim, este trabalho buscou identificar e caracterizar os trechos fluviais na qual haja a possibilidade de haver aqüíferos aluviais, de modo que a comunidade local possa melhorar as técnicas de captação, uso e armazenamento de água através da exploração desses ambientes. A pesquisa foi realizada no município de São João do Tigre – PB. Foram realizados os mapeamentos dos trechos aluviais, fazendo a identificação do uso e ocupação do solo. Os trechos aluviais passaram por análises e classificações sedimentológicas, e posteriormente fazendo-se o agrupamento de três classes referente aos tipos de depósitos aluviais. A partir dos resultados gerados foi possível concluir que as áreas de estocagem de deposição estão concentradas nos ambientes de baixo gradiente. A alta hidrodinâmica apresentada nos resultados reflete na alta variação dos tipos de depósitos aluviais analisados, podendo gerar influência na formação de aqüíferos aluviais com características diversas.


Palavras-chave


Aquíferos aluviais; Ambientes fluviais semiáridos; Gestão da água.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14393/RCG186303