O (DES) CAMINHO DAS ÁGUAS: ALTERAÇÃO NO SUBSISTEMA DE VEREDA PROVOCADO POR RESERVATÓRIO DESTINADO AO ABASTECIMENTO DE PIVÔ CENTAL

  • Renato Adriano Martins Universidade Estadual de Goiás - Campus Morrinhos/Professor
  • Ruth Elias de Paula Laranja Universidade de Brasília/Professora
  • Eduardo Viera dos Santos Universidade Federal de Mato Grosso/Professor Doutorando Pós-graduação em Geografia UFG/RJ
  • Idelvone Mendes Ferreira Universidade Federal de Goiás/Professor
  • João Donizete Lima Universidade Federal de Goiás/Professor
Palavras-chave: Agricultura, Irrigação, Capitação em Vereda, Impactos.

Resumo

Os recursos hídricos do Cerrado alimentam várias bacias hidrográficas brasileiras. Por sua importância, conhecer a forma de utilização de tais recursos é essencial ao país. A intensificação da atividade agrícola no Cerrado conta com a prática da irrigação por pivô central para vencer as intempéries climáticas. A Vereda, importante subsistema do Cerrado, sofre sérios impactos por sua utilização na capitação de água. O presente trabalho tem como objetivo realizar levantamento do percentual de reservatórios destinados ao abastecimento de pivô central construído sobre Vereda no cerrado goiano. Utilizou-se 37 cenas/imagem ResourceSat - 1 (2015) em Sistema de Informação Geográfica, com identificação das áreas de pivô central por detecção visual. Posteriormente, realizou-se incursões a campo, em 50 pivôs centrais, nos cinco municípios goianos com maior número de pivôs centrais, para averiguar se as capitações ocorrem diretamente em Vereda. Verificou-se que 44% das captações visitadas ocorrem em Vereda. Observou-se também o fato da atual legislação ambiental e da atuação do poder público ter apresentado falhas, provocando sérios impactos nas Veredas. Com o estudo nota-se que a prática de irrigação por pivô central é responsável por alteração e degradação da Vereda no cerrado goiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Adriano Martins, Universidade Estadual de Goiás - Campus Morrinhos/Professor

Professor Doutor da Universidade Estadual de Goiás - Campus Morrinhos. Núcleo de Estudo e Pesquisas Sócio Ambientais (NEPSA CNPq).

Ruth Elias de Paula Laranja, Universidade de Brasília/Professora

Profa. Dra. Departamento de Geografia - UNB.


Eduardo Viera dos Santos, Universidade Federal de Mato Grosso/Professor Doutorando Pós-graduação em Geografia UFG/RJ
Doutorando em Geografia
Idelvone Mendes Ferreira, Universidade Federal de Goiás/Professor

Prof. Dr. Departamento de Geografia

João Donizete Lima, Universidade Federal de Goiás/Professor
Prof. Dr. Departamento de Geografia
Publicado
2017-03-31
Seção
Artigos