MAPEAMENTO GEOLITERÁRIO: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA OS ESTUDOS GEOGRÁFICOS

Main Article Content

Walter Luiz Jardim Rodrigues
Viviane Corrêa Santos
Wellington Augusto Andrade Fernandes
Márcia Aparecida da Silva Pimentel

Resumo

Os romances são produções literárias que abrigam em suas páginas, variadas possibilidades de estudos. Embora pouco explorados neste sentido, seus estudos podem ser muito úteis não somente para linha de pesquisa da Geografia e Literatura, mas para diversos ramos do conhecimento como a percepção ambiental, urbanismo, história, economia e entre outros. Neste sentido, procura-se contribuir com uma abordagem metodológica para apreensão do espaço geográfico através de obras literárias, e nesse estudo, a análise do espaço geográfico da cidade de Belém do Pará da década de 1920, descrita no romance "Belém do Grão-Pará" de Dalcídio Jurandir. E assim comparar com a atual organização espacial da cidade a partir do uso das geotecnologias para espacializar, identificar, analisar e representar o espaço através de mapas temáticos gerados a partir do mapeamento geoliterário. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Viviane Corrêa Santos, Universidade do Estado do Pará - UEPA / Professora Assistente

Professora assistente do Curso de Geografia do Centro de Ciências Sociais e Educação da Universidade do Estado do Pará - UEPA

Márcia Aparecida da Silva Pimentel, Universidade Federal do Pará - UFPA / Professora Adjunta

Professora adjuta do Curso de Geografia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas e dos Programas de Pós-graduação em Geografia - PPGEO e Pós-graduação em Ciências Ambientais - PPGCA da Universidade Federal do Pará - UFPA