PARQUE AMBIENTAL LAGOAS DO NORTE: SANEAMENTO E CONSERVAÇÃO DO AMBIENTE ENTRE OS BAIRROS MATADOURO E SÃO JOAQUIM, TERESINA, PIAUÍ, BRASIL


Resumo


O artigo discute aspectos socioambientais relativos ao saneamento e à conservação de bairros da zona norte da cidade de Teresina, Piauí, a partir da implementação do Parque Ambiental Lagoas do Norte. A questão central que norteia este trabalho refere-se à caracterização e análise dos impactos resultantes (positivos e negativos) da implantação desse parque para o ambiente e para a população local, destacando a relação do natural com o construído em parques urbanos. Utilizaram-se as abordagens quantitativas e qualitativas, envolvendo os aspectos teóricos, a observação direta, entrevistas não estruturadas e a aplicação de questionários. Os principais resultados demonstraram que a implantação desse Parque possibilitou o início de uma nova relação sociedade/natureza, resgatando valores sociais e ambientais, vez que proporcionou uma melhoria considerável no ambiente e na qualidade de vida da população daquela área, além de contribuir para a elevação de sua autoestima. Percebeu-se, no entanto, que para atingir os objetivos propostos de forma plena, ainda se torna necessária a implementação de programas de educação ambiental continuada, além de outras ações, sobretudo voltadas para a arborização, a segurança pública e a conservação dos equipamentos em funcionamento e outros a serem instalados nesse parque.


Palavras-chave


Impactos; Revitalização; Socioambientais

Texto completo:

PDF