MAPEAMENTO HIDROGRÁFICO DE DETALHE E ANÁLISE MORFOMÉTRICA COMPARATIVA DAS BACIAS DOS RIOS TIJUÍPE E TIJUIPINHO, LITORAL SUL DA BAHIA

Main Article Content

Pedro Enrico Salamim Fonseca Spanghero
Paulo Fernando Meliani
Júlio Santos Mendes

Resumo

Este artigo teve como objetivo elaborar um mapeamento hidrográfico de detalhe e análise morfométrica comparativa das bacias dos rios Tijuípe e Tijuipinho, situadas no litoral sul da Bahia. Para tal, foram realizadas análises por meio de fotointerpretação, sensoriamento remoto e pesquisas de campo, nos quais restituímos as redes hidrográficas e delineamos os divisores de água das bacias, processando estas informações em um Sistema de Informação Geográfica (SIG), que utilizamos na edição dos mapas e na leitura digital dos dados lineares, de superfície e altimétricos. No geral, constatou-se que a área da bacia do Tijuípe é de 74,66 km2, enquanto que a área do Tijuipinho é de 41,27 km2 e possuem densidade de drenagem de 3,74 km de canais/ km² para a bacia do Tijuípe e 2,67 km de canais/ km² para a bacia do Tijuipinho. Constatou-se que as bacias estudadas possuem formas relativamente alongadas, influenciadas pelos lineamentos estruturais da região que determinaram a formação de dois vales paralelos, o do Tijuípe e do Tijuipinho, na direção SO-NE. Conclui-se que a abordagem apresentada tenha o potencial de orientar a demarcação de importantes mananciais e de áreas de recarga dos aquíferos, bem como a delimitação de áreas sujeitas a desequilíbrios morfodinâmicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Pedro Enrico Salamim Fonseca Spanghero, Universidade Estadual de Santa Cruz - BA

Graduando em Bacharelado em Geografia pela Universidade Estadual de Santa Cruz

Paulo Fernando Meliani, Universidade Estadual de Santa Cruz - BA

Geógrafo, Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE, 2011) com Estágio de Doutorado na Universidade de Veneza (UNIVE, 2009-2010). Licenciado (2000), Bacharel (2001) e Mestre (2003) em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor-Pesquisador da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus, na Bahia, desde 2004. Experiência em Geomorfologia, Geografia do Turismo e Geografia do Trabalho. Coordenador de projetos de pesquisa acadêmica em Geomorfologia Ambiental e Geografia de Redes de Internet.

Júlio Santos Mendes, Universidade Estadual de Santa Cruz

Graduado em Licenciatura em Geografia no ano de 2014 pela Universidade Estadual de Santa Cruz.