MONITORAMENTO DA DINÂMICA NO USO DO SOLO URBANO DE MONTES CLAROS/MG POR IMAGENS DE ALTA RESOLUÇÃO ESPACIAL

Main Article Content

Marcos Esdras Leite
Anete Marília Pereira
Bruno Alves Nobre
Alex Santos Martins

Resumo

A terra urbana passou ao longo do tempo por muitas mudanças no seu uso, portanto, para melhor interpretação dessas alterações é necessário utilizar técnicas avançadas que contribuem para melhor compreensão do espaço urbano. Neste contexto, o sensoriamento remoto é essencial para a obtenção de dados precisos e atuais da cidade, principalmente, das cidades médias brasileiras que apresentaram uma transformação acelerada nos últimos 20 anos. Este trabalho teve como área de estudo Montes Claros, cidade média dinâmica, uma vez que exerce uma polarização econômica em toda a mesorregião Norte de Minas Gerais, que é composta por 89 municípios. Assim, este artigo analisou as mudanças no uso da terra na cidade de Montes Claros, no período entre 2000 e 2011, utilizando imagens de satélite de alta resolução espacial. Os resultados permitem entender como foi a dinâmica de uso do solo, apontando o índice de crescimento, bem como o local dessa transformação. No período analisado, a área ocupada da cidade teve expansão de 27,2 %, sendo que o maior responsável por esse crescimento foi a classe residencial, concentrada, principalmente na periferia sul e leste. Portanto, essas informações permitem compreender, de forma geral, o sistema urbano, e poderão ser usadas como subsídio, por parte dos gestores públicos, na definição de políticas de gestão urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marcos Esdras Leite, Universidade Estadual de Montes Claros

Professor Doutor Departamento de Geociências UNIMONTES. Professor Mestrado em Desenvolvimento Social.

Anete Marília Pereira, UNIMONTES

Professora Doutora Departamento de Geociências

Bruno Alves Nobre, UNIMONTES

Graduado em Geografia UNIMONTES Bolsista FAPEMIG

Alex Santos Martins

Bolsista iniciação científica CNPQ