MODERNIZAÇÃO DA AGRICULTURA E RELAÇÃO CAMPO-CIDADE: UMA ANÁLISE A PARTIR DO AGRONEGÓCIO CAFEEIRO NO MUNICÍPIO DE ALFENAS - MG

Main Article Content

Henrique Faria Santos

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma análise sobre alguns aspectos da modernização da agricultura e da conformação das novas relações campo-cidade, a partir da consolidação do agronegócio cafeeiro no município de Alfenas/MG, bem como algumas das consequências socioespaciais desta realidade produtiva. As leituras sobre assuntos relacionados e a coleta de dados em várias fontes de pesquisa permitiram concluir que a maior presença da técnica, da ciência e da informação nos afazeres cotidianos do campo são responsáveis por uma maior interdependência entre os espaços do campo e da cidade. O aumento do consumo da aquisição de recursos financeiros e do consumo de alguns tipos de insumos e implementos agrícolas por parte dos cafeicultores, bem como o aumento da concentração fundiária e do êxodo rural nos últimos anos, são elementos que nos dão a idéia da complexidade das novas relações campo-cidade. A intensificação das trocas e fluxos de mercadorias, pessoas, capital e informação, por sua vez, nos permite afirmar que as áreas rurais do município e região são cada vez mais dependentes dos fatores urbanos, a esse necessitar cada vez mais de diversos serviços e infraestruturas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Henrique Faria Santos, Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG)

Graduado (2008-2011) em Geografia Licenciatura e cursando (2012-2013) Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG). Desenvolve pesquisas na área de Geografia Econômica e Regional com ênfase nos seguintes temas: dinâmica territorial, circuito espacial produtivo, especialização produtiva regional, modernização e globalização do espaço.