USO DO SENSORIAMENTO REMOTO PARA ESTUDO DA SUSCEPTIBILIDADE AO PROCESSO DE DESERTIFICAÇÃO NA REGIÃO SEMIÁRIDA DO NORTE DE MINAS GERAIS

Main Article Content

Rodrigo Praes Almeida
César Vinícius Mendes Nery
Felipe Aquino Lima

Resumo

A Desertificação é considerada um dos mais graves problemas ambientais da atualidade, com a ocorrência de grandes proporções em todo o mundo, é a diminuição progressiva dos níveis de umidade e degradação do solo, é consequência do resultado da pressão antrópica sobre o meio ambiente, como também a variabilidade climática existente afetando significativamente a qualidade de vida da sociedade, tornando-se imprescindível a realização de estudos para apoiar os resultados produzidos de forma a mitigar este fenômeno. Este trabalho estudou as áreas suscetíveis à desertificação no semiárido no norte de Minas Gerais, utilizando técnicas de sensoriamento remoto para avaliar áreas e a cobertura do solo. O índice de vegetação (NDVI) a partir das imagens MODIS do satélite Terra, foi essencial para a avaliação da cobertura do solo para os anos de 2003 a 2012. Através da elaboração de um algoritmo de interseção executado em linguagem Legal do software Spring 5.1.8, os resultados obtidos determinaram o nível de degradação na região, e indicou as áreas suspeitas a desertificação de cada região, onde totalizou em 575, 5 hectares, tornando possível a avaliação e elaboração de mapas temáticos que mostram áreas que persistente no solo exposto em um período de 10 anos de estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Felipe Aquino Lima, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestrando em Produção Vegetal