BACIA DO RIO PERU͍PE (BA): ENSAIO DE CLASSIFICAÇÃO MORFOMÉTRICA POR MEIO DE DADOS SRTM

Main Article Content

Sírius Oliveira Souza
Cláudia Câmara do Vale
Fabrício Holanda Nascimento

Resumo

O objetivo deste trabalho é definir as principais unidades morfométricas presentes na bacia hidrográfica do rio Peruípe, com base em dados SRTM, assim como, espacializar os dados referentes à hierarquia fluvial, à declividade e à hipsometria. A área em estudo constitui a bacia hidrográfica do rio Peruípe, inserida no extremo sul do estado da Bahia, ocupando uma área de 4.632,00  km², localizada entre os paralelos 17º24' e 17º58'S e os meridianos 39º 21' e 40º 09' W. Para o mapeamento utilizou-se como base as imagens orbitais obtidas por meio do SRTM (Shuttle Radar Topography Mission). Tais imagens, posteriormente, foram integradas e processadas no Sistema de Informação Geográfica, pelo software ArcGis em quatro etapas: delimitação da bacia hidrográfica, da hierarquia fluvial, da hipsometria, da declividade e extração de outros parâmetros morfométricos, tais como índice de circularidade (IC), Coeficiente de compacidade (Kc), densidade de drenagem (Dd), dentre outros. Os resultados confirmam valores compatíveis com informações dispostas em cartas topográficas correspondente à área e, também, aqueles conferidos em campo com uso de GPS, demonstrando uma expressiva precisão e confiabilidade dos produtos gerados. Assim, a automatização da demarcação de unidades morfométricas em bacias hidrográficas, por meio de dados do SRTM em ambiente SIG, apresenta proveitosa relação custo-benefício, visto que além de estabelecer a padronização do traçado, o mapeamento realizado pretende contribuir aos estudos de evolução da paisagem e subsidiar propostas de planejamento para o uso e a ocupação da terra ao longo da bacia hidrográfica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Sírius Oliveira Souza, Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Graduado em Geografia como bolsista integral ProUni - pela Faculdade Pitágoras (2008). Especialista em ensino de Geografia pela Universidade Estadual de Santa Cruz - UESC (2010). Atualmente é aluno do Mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Espírito Santo -UFES ( 2012). Têm experiência na área de Geociências, com ênfase em Geografia Física, atuando principalmente nos seguintes temas: Planejamento Ambiental, Geossistemas, Geomorfologia Costeira.

Cláudia Câmara do Vale, Universidade Federal do Espírito Santo ( UFES)

Profa. Adjunto do Departamento de Geografia da UFES

Fabrício Holanda Nascimento, Universidade Federal do Espírito Santo

Licenciado em Geografia - UFES, Analista Técnico em Geoprocessamento e aluno especial do programa de pós graduação em geografia - UFES