PERCEPÇÃO AMBIENTAL DE ALUNOS DO ENSINO BÁSICO DE SÃO GONÇALO (RJ) EM RELAÇÃO ÀS BACIAS HIDROGRÁFICAS

Main Article Content

Eliane Netto Medeiros da Silva
Carla Maciel Salgado

Resumo

Os problemas de inundações no município de São Gonçalo (RJ) são cada vez mais comuns. Esta realidade é favorecida pelas condições geográficas do município somadas à intensa ocupação urbana. O agravamento das inundações também pode estar relacionado ao nível de percepção e compreensão da população em relação ao funcionamento de rios e bacias hidrográficas. O desconhecimento da dinâmica ambiental atinge também as escolas, onde o conceito de bacia hidrográfica não está sendo devidamente repassado e discutido dentro de ações de Educação Ambiental. Diante deste quadro, o presente trabalho se propôs a investigar a percepção ambiental em relação aos rios e bacias hidrográficas urbanizadas, de alunos do Ensino Básico de escolas públicas situadas em duas bacias hidrográficas que apresentam intensa degradação e descaracterização de seus rios. Para tanto, 80 estudantes foram entrevistados, percebendo-se que os mesmos não possuem conhecimento sistematizado acerca das bacias hidrográficas, o que contribui para o pouco compromisso com a preservação ambiental. A execução dessa proposta de pesquisa permitiu uma reflexão sobre as formas de abordagem do conteúdo escolar sobre rios e bacias hidrográficas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Eliane Netto Medeiros da Silva, Graduada em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Graduação em Geografia - Licenciatura

Carla Maciel Salgado, Depto. de Geografia, Universidade Federal Fluminense

Porfa. Adjunta do Departamento de Geografia, Instituto de Geociências, atua na área de Climatologia, Geomorfologia e Pedologia