TRABALHO, EDUCAÇÃO E GEOGRAFIA

Main Article Content

Tereza Sandra Loiola Vasconcelos
Luiz Cruz Lima
Rosilene Aires

Resumo

O presente artigo tem por finalidade debater a relação Trabalho e Educação, no âmbito da ciência geográfica, considerando o evoluir histórico dessas temáticas, à luz de alguns teóricos, que se inspiraram nos princípios do materialismo histórico-dialético. Assim, o trabalho se apresenta como a categoria fundante do ser social e a educação enquanto mediadora das relações sociais, chamando o cuidado do leitor para articular a ciência geográfica como poderoso instrumento da análise crítica do trabalho e das relações sociais e produtivas, com forte implicação no espaço geográfico (espaço este social), posto ser inconcebível espaço/tempo sem homens e vice-versa. É nesse ínterim que a educação é analisada como mediadora no processo laborativo. Inicialmente, por meio do cotejo trabalho e educação, abordaram-se as suas semelhanças e diferenças e, por conseguinte, buscaram-se correlacionar os percursos geográficos no mundo do trabalho e seus reflexos na educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Tereza Sandra Loiola Vasconcelos, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Ceará - PROPGEO/UECE. Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará-UECE. Licenciada em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Luiz Cruz Lima, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Professor emérito da Universidade Estadual do Ceará - UECE. Professor do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Ceará - PROPGEO/UECE. Doutor em Geografa Humana pela Universidade de São Paulo - USP.

Rosilene Aires, Secretaria Estadual de Educação - SEDUC/CE

Professora da Secretaria Estadual de Educação - SEDUC/CE. Mestre em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE. Licenciada e Bacharel em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.