CONFLITOS AMBIENTAIS: ATORES, CAUSAS E DESDOBRAMENTOS NA ZONA DA MATA MINEIRA

Main Article Content

Bruno Costa da Fonseca
Marcelo Leles Romarco de Oliveira
Dayane Rouse Neves Sousa

Resumo

A análise e estudo de conflitos ambientais configuram-se em uma importante ferramenta para o entendimento dos usos e apropriação dos recursos naturais de uma determinada região. Entender as tensões, os atores sociais envolvidos e os desdobramentos destes conflitos é objeto deste trabalho, que originou-se da pesquisa intitulada "Mapeando os Conflitos Socioambientais na Bacia do Rio Doce" da qual utilizaremos o recorte espacial da Zona da Mata Mineira. Foi utilizado como procedimentos metodólogicos coleta de dados junto as reuniões dos movimentos socias, participações em audiências públicas, atuação no Projeto de Assessoria às Comunidades Atingidas por Barragens na Zona da Mata Mineira, pesquisas bibliográficas, análise da cobertura midiática local, dentre outros. Deste modo, foi possível evidenciar os prinicipais conflitos e os atores sociais envolvidos tentando assim trazer a luz do debate as principais tramas que envolve tais embates. Encontramos como principais resultados, a disparidade de interesses entre Empresas Privadas, Estado, Movimentos Sociais, e população, que se encontra atingida por grandes empreendimentos, gerando assim conflitos de cunho político, social, econômico e simbólico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marcelo Leles Romarco de Oliveira, Universidade Federal de Viçosa

Prof. Adjunto do departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa Área de Extensão Rural