ASPECTOS DA RIQUEZA E DISTRIBUIÇÃO DE ABELHAS EUGLOSSINI (Hymenoptera: Apidae) NO BRASIL

Main Article Content

José Neiva Mesquita Neto
Carlos de Melo e Silva Neto
Edivane Cardoso da Silva
Maria Inês Cruzeiro Moreno

Resumo

Este estudo objetivou identificar e analisar a composição de espécies da Tribo Euglossini (Hymenoptera: Apidae) ocorrentes no território brasileiro, quanto à riqueza, biogeografia e similaridade tendo como base trabalhos publicados. Para a realização deste trabalho utilizou-se de dados secundários obtidos de diversas publicações sobre a riqueza de Euglossini no Brasil. Foram verificados, ao todo, 25 inventários faunísticos de Euglossini, distribuídos em praticamente todas as regiões biogeográficas brasileiras. No total foram incluídas na matriz de dados 87 espécies distribuídas em cinco gêneros. A maior parte dos estudos se concentrou na Mata Atlântica, por agrupar maior parte da comunidade científica nacional e dos centros universitários. Já a região amazônica concentra as populações de Euglossini mais isoladas em relação às demais regiões amostradas. Os estudos que formaram agrupamentos mais coesos apresentam elementos convergentes, como a metodologia semelhante, e/ou são geograficamente próximos, e/ou estão localizados em biomas com extensões e dimensões menores. Em contra partida, os estudos mais divergentes em relação à fauna de Euglossini, apresentaram características contrárias aos estudos agrupados de forma mais coesa. Este trabalho se conceitua ainda como alicerce para realização de novos levantamentos a serem realizados no futuro, com metodologias e esforço amostral padronizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Seção
Artigos
Biografia do Autor

José Neiva Mesquita Neto, PPG em Biodiversidade Vegetal, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás.

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Biodiversidade Vegetal Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás

Carlos de Melo e Silva Neto, PPG em Biodiversidade Vegetal, Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás.

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Biodiversidade Vegetal Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás

Edivane Cardoso da Silva, Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão.

Docente do Departamento de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão

Maria Inês Cruzeiro Moreno, Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão.

Docente do Departamento de Ciências Biológicas Universidade Federal de Goiás, Campus Catalão