IMPACTOS AMBIENTAIS DECORRENTES DO ATERRO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM-PA: APLICAÇÃO DE FERRAMENTAS DE MELHORIA AMBIENTAL

  • Francinaldo Oliveira Matos UEPA/MPEG
  • Quêzia Leandro Moura UFPA/MPEG
  • Giselly Brito Conde UEPA
  • Gundisalvo Piratoba Morales UEPA
  • Castilho Brasil UEPA
Palavras-chave: resíduos sólidos urbanos

Resumo

A geração indiscriminada de Resíduos Sólidos (RS) causa riscos ao equilíbrio ambiental e à saúde pública ao passo que é considerado como um dos problemas ambientais mais preponderantes na atualidade. Neste trabalho foi utilizado o método de Listagem de Controle (CHECK-LIST) para identificar os principais impactos ambientais presentes no aterro sanitário do município de Belém-PA. Os resultados da pesquisa indicam deficiências no processo de gestão dos RS do município, principalmente no que tange à disposição final destes no aterro do Aurá onde foi constatado um alto potencial de contaminação do solo, do ar e dos recursos hídricos. Diante da inviabilidade de realocação da área propõem-se as seguintes medidas mitigadoras: ações de monitoramento da qualidade dos recursos ambientais, operação e manutenção de uma rede de drenagem de gás e a criação de um sistema de compostagem

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francinaldo Oliveira Matos, UEPA/MPEG
GRADUANDO EM ENGENHARIA AMBIENTAL. BOLSITA DE IC/CNPQ/MPEG
Quêzia Leandro Moura, UFPA/MPEG
mestranda do programa de pos-graduação em ciências ambientais /UFPA/MPEG/EMBRAPA
Giselly Brito Conde, UEPA
GRADUANDO EM ENGENHARIA AMBIENTAL. BOLSITA DE IC/CNPQ
Gundisalvo Piratoba Morales, UEPA
doutor em geologia e geoquímica pela UFPA, docente da UEPA
Castilho Brasil, UEPA
GRADUANDO EM ENGENHARIA AMBIENTAL. BOLSITA DE IC/CNPQ
Publicado
2011-10-23