Aplicação da técnica de avaliação do terreno e análise da fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do Rio Almada - LANDFORM MAPPING AND ENVIRONMENTAL FRAGILITY ASSESSMENT IN ALMADA RIVER HYDROGRAPHICAL BASIN

  • Gilson Santos Silva Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Ronaldo Lima Gomes Universidade Estadual de Santa Cruz
Palavras-chave: Técnica de Avaliação do Terreno, Fragilidade Ambiental, Bacia Hidrográfica do Rio Almada.

Resumo

Este trabalho objetiva a aplicação da técnica de avaliação do terreno e análise da fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do Rio Almada (BHRA), localizada na Região Sul do Estado da Bahia. Para tanto, o método adotado inicialmente se utiliza da aplicação da técnica de avaliação do terreno, tendo em vista a compartimentação da bacia em sistemas e unidades de relevo. Em seguida, dados de declividade, solos e uso e ocupação do solo são avaliados no sentido do conhecimento de suas fragilidades ambientais. Por fim, para cada um dos sistemas e unidades de relevos mapeados foi delineado o seu quadro de fragilidade ambiental, contextualizando, dessa forma, as potencialidades e limitações de diferentes unidades territoriais da BHRA. Os resultados encontrados apresentam um cenário em que a classe de fragilidade ambiental baixa representa 15,34% da bacia e possui maior representatividade nos sistemas de terreno Planície Litorânea e Rio Paraíso. A classe de média fragilidade é a de maior expressão na BHRA (69,14%) e em todos os sistemas de terreno da BHRA, representando mais de 60% de cobertura dos mesmos. Já as classes de alta a muito alta fragilidade, quando somadas, englobam aproximadamente 15,52% de toda a área da BHRA, e distribuem-se, com maior representatividade, em áreas do sistema Almadina-Coaraci, em virtude do atual processo de ocupação por pastagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilson Santos Silva, Universidade Estadual de Santa Cruz
Mestre em Meio Ambiente Programe de Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente Universidade Estadual de Santa Cruz
Ronaldo Lima Gomes, Universidade Estadual de Santa Cruz
Professor Titular Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais Universidade Estadual de Santa Cruz
Publicado
2010-11-30