REGIME TÉRMICO EM ÁGUAS CORRENTES E SUA IMPORTÂNCIA NA ESTRUTURA DO HABITAT E NA BIOLOGIA DE ORGANISMOS AQUÁTICOS

  • Ibraim Fantin-Cruz Instituto de Pesquisas Hidráulicas-UFRGS
  • Karina K. Tondato Instituto de Biociências-UFRGS
  • David Motta-Marques Instituto de Pesquisas Hidráulicas-UFRGS
Palavras-chave: temperatura da água, fatores antrópicos, variabilidade térmica, ecologia de rios/riachos.

Resumo

O regime térmico em águas correntes e os processos responsáveis por sua variabilidade, são de grande importância ecológica. Uma vez que a temperatura da água influencia a distribuição, reprodução, crescimento e desenvolvimento dos organismos aquáticos, além de produzir efeitos sobre o metabolismo ecossistêmico. Nesta perspectiva, este trabalho revisou os aspectos relevantes à variabilidade térmica de águas correntes, os fatores que os influenciam e sua importância na estrutura do habitat e na biologia de organismos aquáticos. Com este propósito, observou-se que flutuações na temperatura da água podem ocorrer naturalmente devido às condições atmosféricas, topografia, descarga e condições do leito ou por perturbações antrópicas, tais como, represamento, desmatamento e mudanças climáticas. A heterogeneidade térmica ocorre desde escalas locais em gradientes verticais de temperatura da coluna de água, bem como em escalas regionais ao longo do gradiente longitudinal. Flutuações temporais da temperatura também são evidentes e ocorrem diariamente (hora do dia) e sazonalmente (estações do ano). Tanto espacial quanto temporalmente, a estabilidade (ou variabilidade) da temperatura depende da descarga do rio. A temperatura da água influi diretamente nas condições do habitat provocando alterações nas reações químicas, reduzindo as concentrações de oxigênio na água, formando barreiras térmicas, entre outros efeitos. Tais condições podem causar elevação da taxa de crescimento de plantas aquáticas, desequilíbrio no período de eclosão de ovos (principalmente de peixes), aumento à suscetibilidade a doenças, alterando, desta forma, o funcionamento do ecossistema. Portanto, torna-se evidente a importância da temperatura da água como fator relevante no controle ambiental de águas superficiais.
Publicado
2011-01-02