ANÁLISE DO USO E OCUPAÇÃO DAS TERRAS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO BORÁ (MG)


Resumo


O objetivo do artigo é propor o uso racional das terras da BHRB, a partir de sua dinâmica hidrológica, e cruzamento das informações sobre uso da terra e cobertura vegetal com a declividade. A BHRB localiza-se em Minas Gerais, na mesorregião do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, zona UTM 23, Meridiano Central 45º Oeste de Greenwich, entre as coordenadas 228000 - 264000mE e 7816000 - 7788000mN. Foram utilizados imagem do satélite ETM+/Landsat 5, (agosto de 2009), bandas 3G 4R 7B; base cartográfica digitalizada a partir das cartas topográficas de Sacramento e Uberaba (1:100.000); dados MDE/SRTM; cálculos morfométricos; e dados de vazão obtidos pela estação fluviométrica da ANA (1996-2006). Os índices morfométricos de sinuosidade (1,86) e declividade média (10,86%) revelam que a bacia não apresenta tendências para ocorrência de enchentes. O cálculo de vazão específica média confirma que existe em média um volume de água na ordem de 32.187,62 m³/h; valor suficiente para suprir ao longo do ano, as atividades econômicas e necessidades humanas na bacia. Em relação à declividade e uso da terra, verificou-se que a maior parte da bacia possui declives entre 3 e 8% (58%), significando que a área possui inclinações favoráveis às práticas agropastoris.

Palavras-chave


Uso racional das terras; Declividade; Dinâmica hidrológica

Texto completo:

PDF