EVOLUÇÃO DO USO E COBERTURA DO SOLO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOURADOS-MS, BRASIL

  • Geula Graciela Gomes Gonçalves Mestre em Produção Vegetal pela UFGD
  • Omar Daniel
  • Comunello
  • Fabiane Kazue Arai
  • Antonio Carlos Tadeu Vitorino
Palavras-chave: Uso agrícola, bacia hidrográfica, SIG.

Resumo

Os sistemas de informações geográficas (SIGs), aliados aos dados de sensores remotos são importantes ferramentas na identificação e avaliação do uso da terra com vistas ao manejo de bacias. A Bacia do Rio Dourados, no Mato Grosso do Sul possui grande importância no estado por sua extensão e uso, por essa razão destaca-se a necessidade de pesquisas que visem um planejamento adequado do uso da terra, objetivando a conservação dos recursos ambientais a fim de manter a qualidade e quantidade de água, tornando sustentável o uso agrícola e humano desse manancial. Este trabalho teve o objetivo de mapear uso da terra na Bacia do Rio Dourados em duas épocas, 2001 e 2008, com o objetivo de avaliar a evolução do uso da terra. Para classificação da imagem, utilizou-se o sistema de classificação supervisionado por regiões, classificador Bhattacharya, implementado no SIG-SPRING/INPE. Os resultados permitiram concluir que: a) O crescimento das áreas de agricultura foi compatível com o crescimento da cultura da cana-de-açúcar na região; b) a redução das áreas de pastagem aconteceu em função da expansão da cultura canavieira; c) as feições vegetação (cerrado, mata, capoeira) e complexo de vegetação (várzeas), apresentaram grande potencial para confusão de identificação na área da bacia analisada; e d) o crescimento das áreas com eucalipto foi compatível com a tendência em todo o Estado de Mato Grosso do Sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geula Graciela Gomes Gonçalves, Mestre em Produção Vegetal pela UFGD
Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal da Grande Dourados -UFGD (2007). Mestre em Produção Vegetal pela UFGD, e atua nas seguintes linhas de pesquisa: Conservação de Recursos Naturais Renováveis e Uso da Terra e Zoneamento Florestal. Desenvolve projeto na área de Conservação de bacias hidrográficas, utilizando como ferramenta os Sistemas de Informações Geográficas - SIGs.
Publicado
2011-01-02