Influência do Aterro Municipal de Manaus sobre as águas superficiais da circunvizinhança: um enfoque ao estudo de metais pesados

  • Dorian Lesca de Oliveira Departamento de Química UFAM
  • Genilson Pereira Santana UFAM/DQ/ICE/Manaus
Palavras-chave: Aterro, Chorume, Metais Pesados e

Resumo

Este estudo analisou as concentrações de metais pesados (Al, Ba, Cd, Co, Cr, Cu, Fe, Mn, Ni, Pb e Zn) por espectrometria de absorção atômica de chama (FAAS) e variáveis físico-químicas (pH, condutividade elétrica e temperatura) in situ em amostras de águas superficiais da circunvizinhança do Aterro Municipal de Manaus e chorume. Amostras de água e chorume foram coletadas no período de estiagem e chuvoso com o objetivo de verificar a influência antrópica sobre o sistema hídrico composto pelos Igarapés: Matrinxã, Aracu, Acará, e Bolívia. Os dados obtidos foram submetidos a duas análises estatísticas exploratórias: Análise de Componente Principal (PCA) e Análise de Agrupamento Hierárquico (HCA). Os resultados indicaram concentrações de metais pesados distintos conforme a estação do ano e elemento. A PCA revelou correlações significativas entre: Al, Cd, Fe, Mn, Ni e Pb assim como Zn e Co. A HCA e PCA mostraram que as características do sistema hídrico são semelhantes ao chorume na estiagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Genilson Pereira Santana, UFAM/DQ/ICE/Manaus
Bacharel em Química pela Universidade Federal de Viçosa, Mestre em Química Analítica e Doutor em Físico-Química pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Associado da Universidade Federal do Amazonas, onde lenciona as disciplinas de Química Analítica e Química Ambiental. Desenvolve pesquisa na área de metais pesados em ambientes poluidos, analisando os solos, sedimentos, água, peixes e plantas. Além disso, estuda a capacidade de plantas em absorve metais pesados com o objetivo de realizar a remediação de ambientes poluídos.
Publicado
2010-08-23
Seção
Artigos