Teores de Micronutrientes (B, Cu, Fe, Mn E Zn) em espécies de Poaceae de uma área de Cerrado Maranhense

  • Gonçalo Mendes da Conceição UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANH
  • Ana Cláudia Ruggieri UNESP/Jaboticabal/São Paulo
  • Maura Celia Cunha e Silva CESC/UEMA
  • Maira dos Santos Rodrigues Florest Pesquisa Engenharia e Consultoria
  • Roberto Pereira da Silva CESC/UEMA
  • Eluana Rodrigues da Silva CESC/UEMA

Resumo

Conhecer a composição inorgânica dos vegetais tem sido cada vez mais importante, uma vez que estes vêm sendo largamente empregados em indústrias de alimentos, de cosméticos ou para aplicações medicinais. O objetivo desse trabalho foi fazer a determinação dos micronutrientes em espécies da família Poaceae, encontradas em uma área do Cerrado Maranhense.  Para isso, foram realizadas expedições de coletas sistematizadas, herborização e identificação das espécies vegetais e determinação da concentração de B, Cu, Fe, Mn e Zn, em diferentes espécies de Poaceae. Na área estudada foram identificadas 19 espécies da família Poaceae, distribuídas em 15 gêneros. Quanto as concentrações dos micronutrientes nas espécies vegetais, observou-se que as espécies analisadas apresentaram concentração de boro de 3 a 14 mg/kg, cobre de 1 a 13mg/kg, ferro de 50 a 974 mg/kg, manganês de 47 a 415 mg/kg e zinco de 16 a 170mg/kg. A maior concentração de ferro e zinco  foram determinada na Sporobolus indicus, enquanto que as espécies Setaria geniculata e Paspalum maritimum apresentaram maior concentração de boro e cobre respectivamente. Já na espécie Aristida longifolia foi determinada a menor concentração de boro manganês e zinco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gonçalo Mendes da Conceição, UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANH
Pesquisador/Prof. do Departamento de Química e Biologia/Centro de Estudos Superiores de Caxias/Universidade Estadual do Maranhão, Laboratório de Biologia Vegetal, Núcleo de Pesquisa dos Recursos Biológicos dos Cerrados Maranhenses/RBCEM. Praça Duque de Caxias, s/n, Cep: 65.604-090, Caxias/MA
Ana Cláudia Ruggieri, UNESP/Jaboticabal/São Paulo

Pesquisadora/Profa. do Departamento de Zootecnia, da Universidade Estadual Paulista/Júlio de Mesquita Filho/Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal,Vila Industrial, 14.884-900 - Jaboticabal/SP.

Maura Celia Cunha e Silva, CESC/UEMA

Professora do Departamento de Química e Biologia/Centro de Estudos Superiores de Caxias/Universidade Estadual do Maranhão, Laboratório de Biologia Vegetal, Núcleo de Pesquisa dos Recursos Biológicos dos Cerrados Maranhenses/RBCEM. Praça Duque de Caxias, s/n, Cep: 65.604-090, Caxias/MA.

Maira dos Santos Rodrigues, Florest Pesquisa Engenharia e Consultoria
Consultora Ambiental da Florest Pesquisa Engenharia e Consultoria  Rua Leblon, Qd. C, Casa 08, Calhau, 65071-745, São Luís, Maranhão
Roberto Pereira da Silva, CESC/UEMA

Professor do Departamento de Química e Biologia/Centro de Estudos Superiores de Caxias/Universidade Estadual do Maranhão, Laboratório de Biologia Vegetal, Núcleo de Pesquisa dos Recursos Biológicos dos Cerrados Maranhenses/RBCEM. Praça Duque de Caxias, s/n, Cep: 65.604-090, Caxias/MA.

Eluana Rodrigues da Silva, CESC/UEMA

Centro de Estudos Superiores de Caxias/Universidade Estadual do Maranhão, Laboratório de Biologia Vegetal, Núcleo de Pesquisa dos Recursos Biológicos dos Cerrados Maranhenses/RBCEM. Praça Duque de Caxias, s/n, Cep: 65.604-090, Caxias/MA.

Publicado
2015-06-30