Atividade antifúngica de óleo e extratos vegetais sobre Sclerotinia sclerotiorum

  • Riccely Ávila Garcia Universidade Federal de Goiás
  • Fernando Cezar Juliatti Universidade Federal de Uberlândia
  • Kássia Aparecida Garcia Barbosa Universidade Federal de Goiás
  • Thales Alves Cassemiro

Abstract

Considerando a importância do mofo branco, causado pelo patógeno Sclerotinia sclerotiorum na cultura da soja (Glycine max) e a falta de estudos sobre alternativas de controle deste patógeno, este trabalho teve como objetivo estudar o efeito de óleos e extratos vegetais sobre o crescimento micelial de S. sclerotiorum. No experimento de óleos essenciais, concentrações de 25, 50, 75 e 100 µg de i.a mL-1 de azadiractina, obtida de nim indiano (Azadirachta indica A. Juss), foram estudadas em associação às doses de 0, 1/3, 1/6, 1/8 e 1/10 do óleo de Karanja (Pongamia glabra). Quanto ao experimento de extratos vegetais, estudou-se as espécies Aroeirinha (Schinus molle L.), Mentrasto (Ageratum conyzoides L.), Alfavaca (Ocimum gratissimum L.), Losna (Artemisia absinthium L.), Jambolão (Syzygium cumini (L.) Skeels), Arruda (Ruta graveolens L.), Mandioca (Manihot esculenta Crantz), Santa Bárbara (Melia azedarach L.) e Pimenta longa (Piper aduncum L.) na concentração de 30%. Óleos e extratos vegetais foram incorporados, separadamente, ao meio de cultura BDA e vertido em placa de Petri de 9 cm de diâmetro, na qual depositou-se um disco de BDA, contendo micélio do fungo. As placas foram incubadas à temperatura de 22 ± 3 oC e fotoperíodo de 12 horas. As avaliações consistiram em medições diárias do diâmetro da colônia, durante 48 horas. A maior inibição do crescimento micelial foi diretamente proporcional ao aumento das concentrações dos óleos de nim indiano e de Karanja. A concentração de azadiractina, correspondente a 100 µg de i.a mL-1 com 1/3 de óleo de Karanja foi a mais eficiente na redução do crescimento micelial, com 63% de inibição. Em relação aos extratos vegetais, o fruto de pimenta longa foi o mais promissor sobre a redução do crescimento micelial, com 43% de inibição.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Riccely Ávila Garcia, Universidade Federal de Goiás
Departamento: Núcleo de Pesquisa em Fitopatologia Área: Fitopatologia
Fernando Cezar Juliatti, Universidade Federal de Uberlândia
Departamento: LAMIP - Laboratório de Micologia e Proteção de Plantas Área: Fitopatologia
Kássia Aparecida Garcia Barbosa, Universidade Federal de Goiás
Departamento: Laboratório de Nematologia Área: Fitopatologia
Published
2012-02-02
How to Cite
Garcia, R. Ávila, Juliatti, F. C., Barbosa, K. A. G., & Alves Cassemiro, T. (2012). Atividade antifúngica de óleo e extratos vegetais sobre Sclerotinia sclerotiorum . Bioscience Journal , 28(1). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/8174
Section
Agricultural Sciences