Durabilidade da resistência induzida por ulvana e efeito da concentração de inóculo no controle da antracnose do feijão

  • Rafael Fascin Schons Universidade Federal de Santa Catarina
  • Mateus Brusco de Freitas Universidade Federal de Santa Catarina
  • Marciel João Stadnik UFSC

Abstract

O presente trabalho teve por objetivo avaliar a duração da resistência induzida, a eficiência do número e intervalo de aplicações de ulvana, bem como a influência de diferentes concentrações de inóculo no controle e na severidade da antracnose do feijão. Para tanto, foram realizados três experimentos independentes. Plantas de feijão (P. vulgaris, cv. Uirapuru) foram cultivadas em condições de casa-de-vegetação e, no primeiro experimento, foram pulverizadas com ulvana em uma única aplicação aos: nove dias antes da inoculação (dai) V3(i); seis dai V3(m); três dai V3(f); ou duas aplicações consecutivas realizadas aos nove e seis dai V3(i)/(m); nove e três dai V3(i)/(f) ou seis e três dai V3(m)/(f) e inoculadas em um mesmo momento. No segundo e terceiro experimentos, plantas de feijão foram tratadas duas vezes (seis e três dai) e inoculadas em diferentes momentos ou com diferentes concentrações de inóculo, respectivamente. Duas aplicações de ulvana foram mais eficientes em induzir respostas de defesa em feijão contra a antracnose que somente uma. O efeito de duas aplicações do polissacarídeo persistiu até nove dias após o tratamento. A redução na severidade da antracnose foi maior quando foram utilizadas concentrações intermediárias de inóculo (105 e 106 conídios por mL).

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Rafael Fascin Schons, Universidade Federal de Santa Catarina
Departamento de Fitotecnia, Fitopatologia-Agronomia
Mateus Brusco de Freitas, Universidade Federal de Santa Catarina
Departamento de Fitotecnia, Fitopatologia-Agronomia
Marciel João Stadnik, UFSC
Departamento de Fitotecnia, Fitopatologia-Agronomia
Published
2011-06-21
How to Cite
Schons, R. F., de Freitas, M. B., & Stadnik, M. J. (2011). Durabilidade da resistência induzida por ulvana e efeito da concentração de inóculo no controle da antracnose do feijão . Bioscience Journal, 27(4). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/8099
Section
Agricultural Sciences