Estudo morfológico dos músculos do antebraço de mão-pelada (Procyon cancrivorus - Cuvier 1798)

  • Vanessa Morais Lima Universidade Federal de Goiás
  • Firmino Cardoso Pereira Universidade Federal de Goiás
  • Kleber Fernando Pereira Universidade Federal de Goiás

Abstract

O Procyon cancrivorus (mão-pelada) é um carnívoro amplamente encontrado no território brasileiro, porém com escassas informações literárias ao seu respeito. Portanto, justifica-se a escolha desta espécie para estudo, tendo como base aspectos morfológicos, que é fundamental para o conhecimento biológico das espécies. Foram utilizados cinco animais mortos por acidente, procedentes de coleta em rodovias. Os músculos foram dissecados e observados macroscopicamente as inserções proximais e distais dos músculos: M. pronador redondo, M. flexor radial do carpo, M. flexor superficial dos dedos, M. flexor ulnar do carpo, M. braquiorradial, M. palmar longo, M. flexor profundo dos dedos, M. pronador quadrado, M. extensor radial do carpo, M. extensor comum dos dedos, M. extensor lateral dos dedos, M. extensor ulnar do carpo, M. abdutor longo. Os músculos flexores são inervados principalmente pelo nervo mediano e nervo ulnar, e irrigados por artérias de mesma designação, enquanto os músculos extensores são irrigados pela artéria radial e seus ramos, sendo inervado pelo nervo radial. Para efeito comparativo, o modelo deste carnívoro silvestre foi comparado com a morfologia de carnívoros domésticos (cão e gato), amplamente descritos na literatura. Observou-se então a grande similaridade em relação à morfologia destes carnívoros.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Kleber Fernando Pereira, Universidade Federal de Goiás
Br 364, km 192 UFG - Campus Jatai- Setor Parque Industrial 75801-615 - Jatai -GO
Published
2010-01-27
How to Cite
Lima, V. M., Pereira, F. C., & Pereira, K. F. (2010). Estudo morfológico dos músculos do antebraço de mão-pelada (Procyon cancrivorus - Cuvier 1798) . Bioscience Journal, 26(1). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7154
Section
Agricultural Sciences