Desenvolvimento de grãos e produção de fitomassa do girassol em função de adubações boratadas

  • José Salvador Simoneti Foloni Instituto Agronômico do Paraná
  • Rodrigo Arroyo Garcia Faculdade de Ciências Agronômicas, FCA/UNESP
  • Celso Luiz Cardoso Faculdade de Ciências Agronômicas, FCA/UNESP
  • João Paulo Teixeira Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada-CATI
  • Hélio Grassi Filho Faculdade de Ciências Agronômicas, FCA/UNESP

Abstract

O girassol apresenta características favoráveis ao sistema de semeadura direta, se enquadrando em uma rotação de culturas. Contudo, é sensível à deficiência de boro, característica predominante em grande parte dos solos tropicais. Objetivou-se avaliar o efeito de doses de fertilizantes boratados aplicados no sulco de semeadura e pulverização foliar, sobre o crescimento das plantas, rendimento e tamanho de grãos de girassol. Conduziu-se o experimento em casa de vegetação, sendo que os tratamentos constituíram-se de quatro doses de bórax (0; 1; 2 e 3 kg ha-1 de B) aplicadas no solo e quatro doses de ácido bórico (0; 0,5; 1 e 2 kg ha-1 de B na calda de pulverização) aplicadas via foliar. Duas plantas por vaso foram conduzidas até o estágio de maturação fisiológica dos grãos, ocasião em que foram coletados os caules, folhas e capítulos, que tiveram as matérias secas determinadas, além da contagem e pesagem de grãos miúdos e graúdos. O B aplicado no sulco de semeadura incrementou a produção de fitomassa total e a produção de grãos de girassol. No entanto, quando em interação com doses elevadas de B foliar, essas variáveis foram prejudicadas. O tamanho dos grãos de girassol foi aumentado com a adubação boratada foliar, quando não se aplicou B no solo ou com somente 1 kg ha-1 de B no sulco de semeadura. Em contrapartida, quando se adicionou doses de 2 e 3 kg ha-1 de B na instalação da cultura, altas doses de B pulverizadas nas folhas comprometeram a formação de grãos.___ABSTRACT: Sunflower crop is a good option to no-tillage system; however, it is sensible to low B availability, what is common in tropical soils. The objective of this study was to evaluate the crop development, grain yield and grain size as affected by B fertilizer doses applied in the sowing and by leaf application. The experiment was conducted in controlled conditions, with four Borax doses (0; 1; 2 e 3 kg B ha-1) in the sowing interacting with four Boric Acid doses (0; 0,5; 1 e 2 kg B ha-1) by leaf application. The plants were managed until grain physiological maturity, when stems, leaves and capitula were sampled, besides the counting and weighing of two grain classes separated by size. The B fertilizer applied in the sowing lines increased total dry matter phytomass and grain yield. However, when interacting with high doses of B by leaf application, these values decreased. Grain size was increased with leaf fertilization, when B was not applied in the soil or with only 1 kg B ha-1 in the sowing line. On the other hand, when B was applied from 2 to 3 kg ha-1 in the crop sowing, high doses of leaf fertilizer affected grain filling.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2010-03-23
Section
Agricultural Sciences