Atributos químicos do solo e produtividade de lavouras de cafeeiro Conilon submetidas a diferentes tratos culturais no sul do estado do Espírito Santo

  • Teóphilo André Maretto Effegen UFU
  • Renato Ribeiro Passos
  • Julião Soares de Souza Lima
  • Elias Nascentes Borges
  • Maria Christina Junger Delôgo Dardengo
  • Edvaldo Fialho dos Reis

Abstract

O trabalho teve como objetivo avaliar, em diferentes sítios de amostragem, os atributos químicos de solos cultivados com lavouras cafeeiras sob distintos tratos. Foram realizadas amostragens nas profundidades de 0,00 - 0,20 m e 0,20 - 0,40 m na parte superior da projeção da "saiaâ€? do cafeeiro, em relação ao sentido de declive do terreno. Utilizaram-se, para o estudo, lavouras representativas da região Sul do Estado Espírito Santo. A adubação e a calagem promoveram melhorias nas propriedades químicas do solo sob trato M1 (irrigação por gotejamento, calagem a cada dois anos, adubação química, roçadas e uso da palha de café). Os teores de fósforo e potássio do solo não sofreram influência do sítio de amostragem, sendo afetados somente pelos tratos culturais empregados nas lavouras cafeeiras. Independente do sítio de amostragem, trato cultural e profundidade de avaliação, os teores de cálcio e magnésio no solo encontraram-se abaixo do considerado adequado para o café conilon, indicando a necessidade da utilização da prática da calagem. O retorno da palha de café à lavoura sob trato M1 contribuiu para o aumento do teor de COT e da CTC na profundidade de 0,00 - 0,20 m do solo. A maior produtividade do cafeeiro foi observada no trato cultural M1 e no terço superior. Os resultados apresentados refletem a importância da análise de solo para a avaliação das condições químicas do solo sob cultivo do cafeeiro conilon.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2008-06-04
Section
Artigos