Estimativa da área foliar e capacidade de retenção de calda fitossanitária em cafeeiro

  • Adriana Rodrigues da Silva
  • Marcelo Teixeira Leite
  • Marcelo da Costa Ferreira

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tamanho das folhas de cafeeiro, cv. Mundo Novo, no método de estimativa da área foliar e na capacidade de retenção de calda. Os métodos do espelhamento em papel, da digitalização e análise da imagem e da área do retângulo que circunscreve a folha foram comparados ao medidor de área foliar LiCor, modelo 3000. A capacidade de retenção de calda foi avaliada com e sem a adição de adjuvante, nas dosagens de 0,1 e 0,2%. O tamanho da folha não afetou os métodos de estimativa foliar avaliados. A capacidade de retenção de calda das folhas variou em função do tamanho e da adição ou não do adjuvante à calda. A maior capacidade de retenção foi observada em folhas com área de 7,7, 13,8 e 32 cm2. A calda sem adjuvante apresentou maior retenção, com 77,1 mL m-2. A adição de 0,1 e 0,2% do adjuvante reduziu a quantidade retida em 64,8 e 67,3%, respectivamente.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Adriana Rodrigues da Silva
Eng. Agr., MSc., doutoranda, Depto. de Produção Vegetal, UNESP, Via de Acesso Prof. Paulo Donato Castellane, s/n, CEP 14884-900, Jaboticabal
Marcelo Teixeira Leite
Eng. Químico, Prof. Dr., Faculdade de Engenharia Química, UFU/Uberlândia-MG.
Marcelo da Costa Ferreira
Eng. Agr., Prof. Dr., Depto. de Fitossanidade, UNESP/Jaboticabal
Published
2008-09-17
How to Cite
Rodrigues da Silva, A., Teixeira Leite, M., & da Costa Ferreira, M. (2008). Estimativa da área foliar e capacidade de retenção de calda fitossanitária em cafeeiro. Bioscience Journal, 24(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6872
Section
Artigos