Origens e distribuições das artérias linguais em suínos (Sus scrofa domesticus, Linnaeus 1758) da raça Piau

  • Wesley Freitas Muniz
  • Renato Souto Severino
  • Kleber Graucio de Faria
  • Renata Lima de Miranda
  • Elizabeth Cristiane Medeiros Alves
  • Frederico Ozanan Carneiro e Silva
  • Sergio Salazar Drummond

Abstract

A morfologia tem importante papel no fomento de informações as áreas afins e dentre estas a emergente odontologia veterinária. Com o objetivo de se conhecer melhor a irrigação lingual, estudou-se as origens e distribuições das artérias linguais direita e esquerda em trinta suínos natimortos da raça piau de machos e fêmeas. Utilizou-se à técnica de dissecação, por meio da qual os referidos vasos foram injetados com solução corada de neoprene látex 601A ®. Constatou-se que as artérias linguais tiveram, em 100,0% dos animais estudados, suas origens rostralmente aos segmentos iniciais das artérias carótidas externas e que ambas emitiram 9 (nove) colaterais, sendo estes as artérias: palatinas ascendentes, ramos peri-hióideos, faríngeas ascendentes, faríngeas descendentes, ramos musculares, dorsais da língua, submentonianas, sublinguais e profundas da língua. Nominação esta de acordo com suas áreas de distribuições, que se fizeram notar de maneira expressiva na região ventral da cavidade oral.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2007-06-19
How to Cite
Freitas Muniz, W., Souto Severino, R., Graucio de Faria, K., Lima de Miranda, R., Cristiane Medeiros Alves, E., Ozanan Carneiro e Silva, F., & Salazar Drummond, S. (2007). Origens e distribuições das artérias linguais em suínos (Sus scrofa domesticus, Linnaeus 1758) da raça Piau. Bioscience Journal, 22(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6816