Comportamento de cultivares de arroz de terras altas no sistema plantio direto em duas profundidades de adubacao

  • Cleber Morais Guimaraes Embrapa_Arroz e Feijao
  • Luis Fernando Stone Embrapa-Arroz e Feijao
  • Emilio da Maia de Castro Embrapa-Arroz e Feijao

Abstract

O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito de duas profundidades de adubação no comportamento de quatro cultivares e de uma linhagem de arroz de terras altas no sistema plantio direto (SPD). Os experimentos foram conduzidos em SPD, após soja, em Buriti Alegre e Rio Verde, GO, e Campo Verde, MT. Foram avaliadas as cultivares Primavera, Bonança, Canastra e Carisma, e a linhagem CNA 8557, em duas profundidades de adubação. No primeiro caso, o adubo foi colocado a 0,08 m de profundidade mediante o uso de uma semeadora de plantio direto, equipada com disco de corte. No segundo, colocou-se 50% do adubo a 0,08 m e 50% a 0,22 m de profundidade mediante o uso da mesma semeadora, porém equipada, além do disco de corte, com uma haste escarificadora, que opera a profundidade de 0,22 m. Esta haste, além de romper a camada compactada do solo, distribui o adubo nas duas profundidades. A profundidade de adubação não afetou a produtividade de grãos do arroz no SPD. As cultivares/linhagem avaliadas responderam de modo diferenciado aos locais e anos de avaliação para a característica produtividade de grãos, indicando presença de interação genótipo x ambiente. Entre as cultivares/linhagem estudadas, a linhagem CNA 8557 foi a mais produtiva.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2006-07-20
How to Cite
Morais Guimaraes, C., Fernando Stone, L., & da Maia de Castro, E. (2006). Comportamento de cultivares de arroz de terras altas no sistema plantio direto em duas profundidades de adubacao. Bioscience Journal, 22(1). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6639