Comportamento de cultivares de soja no Sul do Estado do Tocantins

  • Joenes Mucci Peluzio UFT
  • Denisson Almeida Junior UFT
  • Eduardo Rodrigues Francisco UFT
  • Rodrigo Ribeiro Fidelis UFT
  • Luiz Henrique Martins Richter UFT
  • Celso Almir Martins Richter UFT
  • Vitor Silva Barbosa UFT

Abstract

Com o intuito de se avaliar a estabilidade de comportamento de sete cultivares de soja, quanto a produção de grãos, segundo a metodologia proposta por Eberhart e Russell (1966), foram realizados oito ensaios de competição de cultivares no ano agrícola 2002/03 no Sul do Estado do Tocantins, sendo quatro no município de Gurupi e quatro em Alvorada. Cada ensaio representou um ambiente. Todos os cultivares apresentaram coeficiente de regressão (ß1i) igual à unidade, com exceção de M-SOY 8866 que apresentou coeficiente de regressão superior à unidade (ß1i = 1.24). Todos os cultivares apresentaram alta previsibilidade de comportamento, excetuando-se M-SOY 108. Os cultivares BR/EMGOPA 314 e BRS Tracajá podem ser considerados como ideais, por apresentarem média de produção elevada, coeficiente de regressão igual a unidade e alta previsibilidade de comportamento.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2006-05-24
How to Cite
Mucci Peluzio, J., Almeida Junior, D., Rodrigues Francisco, E., Ribeiro Fidelis, R., Henrique Martins Richter, L., Almir Martins Richter, C., & Silva Barbosa, V. (2006). Comportamento de cultivares de soja no Sul do Estado do Tocantins. Bioscience Journal, 21(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6614
Section
Artigos