Comparacao de metodologias de estimativa da evapotranspiracao de referencia para a regiao de Goiania, GO

  • Ruth Zago Oliveira UFG
  • Luiz Fernando Coutinho de Oliveira UFG
  • Tiago Roberto wehr UFG
  • Lucas Bernardes Borges UFG
  • Robson Bonono UFG

Abstract

Com o objetivo de se comparar alguns modelos de estimativa da ETo, para a região de Goiânia, GO, foram avaliados os modelos de Penman-Monteith (PM), Penman-FAO (FPn), Blaney-Criddle-FAO (FB-C), Radiação-FAO (FRad), Hargreaves-Samani (Harg) e Tanque Classe A (TCA), assumindo o modelo de Penman-Monteith como padrão. Empregou-se neste estudo os dados climatológicos diários coletados na estação climatológica do centro de pesquisa da EMBRAPA - Arroz e Feijão e na estimativa da ETo o programa REF-ET. Pela análise comparativa entre os modelos de estimativa da ETo com o padrão PM, para a região de Goiânia, GO, pode-se classificá-los em ordem decrescente de prioridade da seguinte forma: FPn, FB-C, FRad, Harg e TCA para o período seco: FPn, FB-C, Harg, FRad, e TCA e para o período chuvoso: FB-C, FPn, FRad, Harg e TCA. O modelo FB-C apresenta uma boa alternativa prática quando se dispõe basicamente da temperatura média do ar.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2006-05-24
How to Cite
Zago Oliveira, R., Fernando Coutinho de Oliveira, L., Roberto wehr, T., Bernardes Borges, L., & Bonono, R. (2006). Comparacao de metodologias de estimativa da evapotranspiracao de referencia para a regiao de Goiania, GO. Bioscience Journal , 21(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6604
Section
Artigos