Origem, ramificações e distribuições da artéria celíaca em aves fêmeas (Gallus gallus) da linhagem COBB 500

  • Frederico Ozanam Carneiro e Silva UFU
  • Renato Souto Severino UFU
  • Sérgio Salazar Drummond UFU
  • Pedro Primo Bombonato USP
  • Danila Barreiro Campos USP
  • Alessandro Barreiro Campos UFU
  • Eduardo Maurício Mendes de Lima USP
  • Ana Cláudia Borges UFU
  • Elida de Lourdes Marcelino UFU

Abstract

Estudaram-se a origem, ramificações e distribuições da artéria celíaca em 30 aves (Gallus gallus) da linhagem Cobb 500, fêmeas, com idade entre 7 e 12 semanas. Os espécimes tiveram seus vasos arteriais preenchidos com solução aquosa corada de Neoprene Látex "450â€? a 50% e a seguir foram fixados em solução aquosa de formaldeído a 10%. A artéria celíaca emergiu da face lateral direita da aorta descendente e enviou ramos ao esôfago (40%), proventrículo (100%), ventrículo (100%), baço (100%), fígado (100%), vesícula biliar (100%), ductos biliares (100%), pâncreas (100%), duodeno (100%), jejuno (100%), íleo (100%) e cecos (100%) e as artérias proventricular dorsal (96,67%) e lienal (23,33%) e dividiu-se em ramos direito e esquerdo em todos os animais. O ramo esquerdo enviou as artérias lienal (10%), proventricular ventral (40%), gastroduodenal (73,33%), hepática esquerda (96,67%), gástrica ventral (56,67%) e terminou como artéria gástrica esquerda (100%). O ramo direito enviou as artérias proventricular dorsal (3,33%), lienais (96,67%), hepática direita (96,67%), ileocecal (33,33%), gástrica direita (96,67%) e ramos para a vesícula biliar (26,67%) e jejuno (40%), terminando como artéria pancreaticoduodenal (100%).

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2006-05-16
How to Cite
Ozanam Carneiro e Silva, F., Souto Severino, R., Salazar Drummond, S., Primo Bombonato, P., Barreiro Campos, D., Barreiro Campos, A., Maurício Mendes de Lima, E., Cláudia Borges, A., & de Lourdes Marcelino, E. (2006). Origem, ramificações e distribuições da artéria celíaca em aves fêmeas (Gallus gallus) da linhagem COBB 500. Bioscience Journal, 21(2). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6601
Section
Artigos