OCORRENCIA DE INSETOS-PRAGA E SEUS INIMIGOS NATURAIS EM GENOTIPOS DE ALGODOEIRO DESPROVIDOS DE GLANDULAS

  • Fabio Maximiano de Andrade Silva DuPont
  • Julio Cesar Viglioni Penna UFU
  • Luiz Carlos Forti USP
  • Denise Garcia de Santana UFU

Abstract

O objetivo deste trabalho foi estudar o efeito do cultivo de linhagens de algodoeiro desprovidas de glândulas de gossipol, sobre populações de pulgões (Aphis gossypii), tripes (Thrips tabaci), curuquerê (Alabama argillacea), lagarta rosada (Pectinophora gossypiella) e sobre alguns inimigos naturais e predadores de pragas. Os ensaios foram conduzidos nos anos agrícolas 1994/95 e 1995/96, no município de Capinópolis, MG. Quatro genótipos sem glândulas foram testados e comparados à uma testemunha normal (cv. IAC 20). Os resultados não revelaram diferenças entre as linhagens desprovidas de glândulas de gossipol, em relação à cultivar padrão (com glândulas) com respeito aos possíveis efeitos da característica "ausência de glândulas de gossipolâ€? sobre as populações dos artrópodos-praga, bem como sobre as dos inimigos naturais. Tampouco foram significativas as correlações entre incidência de pragas e produtividade final. As linhagens sem glândulas tiveram desempenho inferior a cultivar normal no que se refere à produtividade. Tal desempenho foi atribuído ao potencial genético dos genótipos independentemente da incidência e pragas. UNITERMOS: Gossypium hirsutum L.; Algodão; Gossipol; Pragas

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2006-03-17
How to Cite
de Andrade Silva, F. M., Viglioni Penna, J. C., Forti, L. C., & de Santana, D. G. (2006). OCORRENCIA DE INSETOS-PRAGA E SEUS INIMIGOS NATURAIS EM GENOTIPOS DE ALGODOEIRO DESPROVIDOS DE GLANDULAS. Bioscience Journal, 18(2). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6417
Section
Artigos