Balance of salts and growth of papaya cultivars irrigated with saline water

  • Francisco Vanies da Silva Sá Universidade Federal de Campina Grande
  • Marcos Eric Barbosa Brito Universidade Federal de Campina Grande
  • Rômulo Carantino Lucena Moreira Universidade Federal de Campina Grande
  • Alberto Soares de Melo Universidade Estadual da Paraíba
  • Luderlândio de Andrade Silva Universidade Federal de Campina Grande
  • Hans Raj Gheyi Universidade Federal do Recôncavo Baiano
  • Lizaiane Cardoso de Figueiredo Universidade Federal de Campina Grande
  • Emanoela Pereira de Paiva Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Abstract

The papaya crop has great socio-economic expression in the Brazil and is mainly grown in the northeastern region, which is facing serious problems of water shortage, particularly in its qualitative aspect, due to high concentration of salts in water. For best performance of a crop it is necessary to adopt managements strategies, such as the use of tolerant cultivars, thus, aimed to assess the balance of salts in the substrate, growth and partition of biomass of varieties of papaya irrigated with saline water. The experiment was conducted in a randomized complete block design with treatments arranged in a 2 x 4 factorial arrangement , consisting of two cultivars of papaya (Sunrise Solo and Tainung - 01) and four levels of water salinity (1.2, 2.4, 3.6 and 4.8 dS m -1) with three replications. The balance of salts in the substrate, growth rate and the dry matter partitioning were evaluated to determine crops' tolerance to salinity in the initial growth phase. The water salinity increased linearly electrical conductivity, sodium absorption ratio and exchangeable sodium percentage of the substrate, and reduced growth and the biomass of varieties of papaya, in which reductions in biomass accumulation followed the order leaves > roots > stem. Salinity reduced the percentage of dry weight of stem and leaves and increased the dry weight of roots.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Francisco Vanies da Silva Sá, Universidade Federal de Campina Grande
Mestre em Manejo de Solo e Água (Área de concentração: Engenharia de Água e Solo) pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (2016). Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG (2015).Técnico em agropecuária pela Escola Agrotécnica do Cajueiro - Universidade Estadual da Paraíba - UEPB (2009). Atualmente faz doutorado em Engenharia Agrícola (Área de concentração: Irrigação e Drenagem) na Universidade Federal de Campina Grande - UFCG. Atua em pesquisa nas áreas de: Engenharia de Água e Solo (Estresse Hídrico; Manejo da Salinidade e Recuperação de Solos afetados por Sais; Manejo de Fertilizantes e Corretivos); Respostas de Plantas à estresses abióticos (Germinação e desenvolvimento inicial; Morfofisiologia; Nutrição e Produtividade de plantas hortícolas e Florestais); Seleção de variedades, cultivares e genótipos plantas hortícolas tolerantes ao estresse salino; Manejo de reguladores de crescimento (Indução da Frutificação: Atenuador do Estresse Salino; Propagação de Plantas Frutíferas).
Marcos Eric Barbosa Brito, Universidade Federal de Campina Grande
Possui graduação em Engenharia Agronômica, pela Universidade Federal de Sergipe (2005), Mestrado e Doutorado em Engenharia Agrícola, pela Universidade Federal de Campina Grande, finalizados em 2007 e 2010, respectivamente, ambos na área de concentração de Irrigação e Drenagem. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Federal de Campina Grande, onde leciona as disciplinas de Irrigação e Drenagem e Hidráulica Agrícola no curso de Agronomia do CCTA/UFCG, além da disciplina Manejo de Irrigação para Fruteiras e Olerícolas nos cursos de Pós-Graduação, é pesquisador colaborador na Universidade Estadual da Paraíba, onde faz parte de grupo de pesquisa ativo. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Engenharia de Água e Solo, atuando, principalmente, nos seguintes temas: Fisiologia e produção de culturas irrigadas; manejo da água no sistema solo-planta-atmosfera, produção de mudas e cultivo de citros sob irrigação com água salina.
Rômulo Carantino Lucena Moreira, Universidade Federal de Campina Grande
Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG (2015),Técnico em Agropecuária, formado em 2009 pelo Instituto Federal do Ceará. Atualmente mestrando no Programa de pós-Graduação em Sistemas Agroindustriais na Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, Pombal - PB, possui experiência na área de Geociências e Manejo de Água e Solo, com ênfase em Meteorologia e Manejo de Irrigação de espécies frutíferas e culturas potenciais para o semiárido (feijoeiro e sorgo) e suas atribuições nos aspectos de crescimento, fisiologia e produção.
Alberto Soares de Melo, Universidade Estadual da Paraíba
Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1994), mestrado em Ciências Agrárias pela Universidade Federal da Bahia (1999) e doutorado em Recursos Naturais pela UFCG (2007). Foi bolsista de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do CNPq e Professor de Fruticultura, Agricultura I e Olericultura na Universidade Federal de Sergipe, lotado no Departamento de Engenharia Agronômica.
Luderlândio de Andrade Silva, Universidade Federal de Campina Grande
Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG (2015). Atualmente mestrando no Programa de pós-Graduação em Horticultura Tropical na Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, Pombal - PB, tem experiência com pesquisas reailizadas na área de Manejo do Solo e da Água ( Salinidade, Irrigação, Adubação e manejo de Corretivos), Manejo de Irrigação de espécies frutíferas e culturas anuais (feijoeiro, milho e sorgo) e suas atribuições nos aspectos de crescimento, fisiologia e produção.
Hans Raj Gheyi, Universidade Federal do Recôncavo Baiano
Possui graduação em Agricultura - University of Udai Pur (1963), mestrado em Ciências do Solo - Punjab Agricultural University (1965) e doutorado em Ciências Agronômicas - Universite Catholique de Louvain (1974). Atualmente é professor aposentado (titular) da Universidade Federal de Campina Grande, editor chefe da Revista Agriambi da Universidade Federal de Campina Grande, professor visitante nacional senior na UFRB. Tem experiência na área de Engenharia Agrícola, com ênfase em Engenharia de Água e Solo, atuando principalmente nos seguintes temas: salinidade, irrigação, fertilidade, relação solo água planta, estresse salino, tolerância de plantas a déficit hídrico, qualidade de água e reuso da água .
Lizaiane Cardoso de Figueiredo, Universidade Federal de Campina Grande
Engenheira Agronomoma pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG, tem experiência com pesquisas reailizadas na área de Manejo do Solo e da Água ( Salinidade, Irrigação, Adubação e manejo de Corretivos), Manejo de Irrigação de espécies frutíferas e culturas anuais (feijoeiro, milho e sorgo) e suas atribuições nos aspectos de crescimento, fisiologia e produção.
Emanoela Pereira de Paiva, Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Mestra em Horticultura Tropical (Fruticultura/ Propagação de plantas) pela Universidade Federal de Campina Grande (2014). Engenheira Agrônoma pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (2011). Doutoranda em Fitotecnia (Tecnologia de Sementes) na Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA). Atua em pesquisa nas áreas de: Tecnologia de sementes (Germinação e Vigor de sementes de plantas cultivadas e nativas da Caatinga); Propagação de plantas (Substratos; Enxertia; Estaquia; Uso de reguladores de crescimento; Produção de sementes e mudas); Identificação de variedades, cultivares e genótipos de plantas hortícolas tolerantes à salinidade e ao estresse hídrico.

 
Published
2016-07-08
How to Cite
Sá, F. V. da S., Brito, M. E. B., Moreira, R. C. L., Melo, A. S. de, Silva, L. de A., Gheyi, H. R., Figueiredo, L. C. de, & Paiva, E. P. de. (2016). Balance of salts and growth of papaya cultivars irrigated with saline water . Bioscience Journal, 32(4). https://doi.org/10.14393/BJ-v32n4a2016-32753
Section
Agricultural Sciences