Produção e qualidade da forragem de cornichão sobressemeado em diferentes densidades de semeadura em pastagem de estrela africana e azevém

  • Magali Floriano da Silveira Professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Pato Branco
  • Ana Maria Osório Dias Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
  • Luís Fernando Glasenapp de Menezes Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
  • Clederson Martinello Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
  • Douglas Vonz Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
  • Nakali Evelize Caregnatto Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo e as características qualitativas de uma pastagem de cornichão semeado em diferentes densidades de semeadura em mistura com estrela africana e azevém. Os tratamentos avaliados foram: 0, 50, 100, 150 e 200% a mais da quantidade de semente de cornichão recomendada. Para a semeadura do cornichão e do azevém foram utilizados 6 e 30 kg/ha de semente conforme recomendação, respectivamente. Ambas as espécies foram sobressemeadas na pastagem de estrela africana que já se encontrava estabelecida na área. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições. A produção total de matéria seca foi semelhante entre as densidades de semeadura avaliadas. A produção de cornichão se ajustou ao modelo quadrático, sendo que as densidades de 50 e 100% a mais da recomendação apresentaram as menores produções de forragem. A taxa de acúmulo e as produções individuais das espécies não foram influenciadas pelos tratamentos. A produção total de MS foi superior para o mês de dezembro, e as menores produções para os meses de agosto, setembro e outubro, sendo intermediário para o mês de janeiro. A composição botânica entre as espécies do consórcio diferiu entre os meses avaliados. Para estrela africana e azevém os teores de PB foram similares e o teor de PB para cornichão foi superior entre as espécies avaliadas. A utilização de 150 e 200% a mais da recomendação da densidade de semeadura do cornichão aumenta a sua produção de forragem, porém não afeta a produção total de forragem do consórcio.  

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Magali Floriano da Silveira, Professora da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Pato Branco
Profa. Dra. do Departamento de Ciências Agrárias da UTFPR-PB.
Ana Maria Osório Dias, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Zootecnista, Aluna do Curso de Pós-Graduação em Zootecnia pela UTFPR-DV.
Luís Fernando Glasenapp de Menezes, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Prof. Dr. da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Clederson Martinello, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Aluno do curso de graduação em Zootecnia pela UTFPR-DV.
Douglas Vonz, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Zootecnista, Aluno do curso de Pós-Graduação em Zootecnia pela UTFPR-DV.
Nakali Evelize Caregnatto, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos
Aluna do curso de graduação em Zootecnia pela UTFPR-DV.
Published
2015-11-17
How to Cite
Silveira, M. F. da, Dias, A. M. O., Menezes, L. F. G. de, Martinello, C., Vonz, D., & Caregnatto, N. E. (2015). Produção e qualidade da forragem de cornichão sobressemeado em diferentes densidades de semeadura em pastagem de estrela africana e azevém . Bioscience Journal, 31(6). https://doi.org/10.14393/BJ-v31n6a2015-22670
Section
Agricultural Sciences