Produção de capim elefante utilizando percolado de aterro sanitário

  • Daniela Costa Leite Coelho Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA.
  • Rafael Oliveira Batista Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA.
  • Paulo Cesar Moura da Silva Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA.
  • Francisco de Oliveira Mesquita Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água. Universidade Federal Rural do Semi-árido, UFERSA, Mossoró-RN. Av. Costa e Silva, n. 572, CEP: 59.625-900.

Abstract

O uso do percolado de aterro sanitário (PAS) na produção de biomassa para fins energéticos é uma alternativa que minimiza a degradação ambiental. O presente trabalho objetivou analisar o efeito de distintas doses de PAS na produção de capim elefante (Pennisetum purpureum Schum.). Para isso, montou-se o experimento no delineamento em blocos casualizados, com cinco tratamentos (T1 - somente água de abastecimento - AA; T2 - 1mm dia-1 de PAS mais AA; T3 - 2mm dia-1 de PAS mais AA; T4 - 3mm dia-1 de PAS mais AA; e T5 - 4mm dia-1 de PAS mais AA) e cinco repetições, totalizando 25 parcelas experimentais. O capim elefante foi cultivado em ARGISSOLO VERMELHO - AMARELO Eutrófico, durante 132 dias em Mossoró/RN. Ao final do ciclo do capim elefante foram determinadas as características vegetativas altura de planta (AP), massa úmida da planta (MUP) e da folha (MUF) e massa seca das folhas (MSF). Comprovou-se para MUP, MUF e MSF que não houve diferença estatística entre os tratamentos, entretanto, para AP, o tratamento T2 apresentou maior valor (2,86m), diferindo estatisticamente dos tratamentos T4 e T5. Em geral, o tratamento T2 apresentou melhor desempenho com relação às características vegetativas do capim elefante.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Daniela Costa Leite Coelho, Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA.
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA, Mossoró, RN, Brasil.
Rafael Oliveira Batista, Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA.
Professor, Doutor, Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA, Mossoró, RN, Brasil.
Paulo Cesar Moura da Silva, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA.
Professor, Doutor, Adjunto do Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, UFERSA, Mossoró, RN, Brasil.
Francisco de Oliveira Mesquita, Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Manejo de Solo e Água. Universidade Federal Rural do Semi-árido, UFERSA, Mossoró-RN. Av. Costa e Silva, n. 572, CEP: 59.625-900.
Eng.º Agrônomo. Mestre em manejo de Solo e Água e Doutorando em Manejo de Solo e Água, PPGMSA/UFERSA, RN.
Published
2015-02-27
How to Cite
Coelho, D. C. L., Batista, R. O., Silva, P. C. M. da, & Mesquita, F. de O. (2015). Produção de capim elefante utilizando percolado de aterro sanitário . Bioscience Journal, 31(3). https://doi.org/10.14393/BJ-v31n3a2015-22400
Section
Agricultural Sciences