Abundância natural de δ 13C e δ 15N em sistemas de manejo conservacionista no cerrado

  • Arcângelo Loss Professor Adjunto de Genese, Morfologia e Classificação de Solos da UFSC. Campus Florianopolis.
  • Marcos Gervasio Pereira Professor Associado IV, Instituto de Agronomia, Departamento de Solos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2389000. E-mail: gervasio@ufrrj.br
  • Adriano Perin Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, Campus Rio Verde, Rod. Sul Goiana, km 01, Zona Rural, Rio Verde, GO, 75901-970. E-mail: perinrj@yahoo.com.br
  • Lúcia Helena Cunha dos Anjos Professor Associado IV, Instituto de Agronomia, Departamento de Solos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2389000. E-mail: lanjos@ufrrj.br

Abstract

Diferentes sistemas de uso e manejo do solo modificam o sinal isotópico do δ13C e δ15N do solo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a abundância natural de δ13C e δ15N no perfil do solo em áreas com diferentes sistemas de uso do solo no Cerrado goiano. Foram avaliados dois sistemas com rotação de culturas: integração lavoura-pecuária - ILP (milho+braquiária/feijão/algodão/soja) e sistema plantio direto - SPD (girassol/milheto/soja/milho). Uma área de Cerrado natural (Cerradão) foi tomada como condição original do solo. Foram coletadas amostras de solo nas camadas de 0,0-10,0; 10,0-20,0; 20,0-30,0; 30,0-40,0; 40,0-50,0; 50,0-60,0; 60,0-80,0 e 80,0-100,0 cm e mensurados o δ15N e δ13C do solo por meio de espectrômetro de massa. Em relação ao δ13C, verificou-se predomínio de plantas C3 no Cerrado e influência das plantas C4 nas áreas de SPD e ILP. Os valores de δ15N apresentaram um enriquecimento isotópico de acordo com o aumento da profundidade, com maiores valores de δ15N observados nas áreas cultivadas. A substituição da vegetação original de Cerradão para implantação de SPD e ILP acarretou mudanças no sinal δ13C, ou seja, após 17 anos de cultivo, a incorporação de carbono das gramíneas nestas áreas proporcionou um aumento do sinal de δ13C. A análise isotópica de δ15N indicou maior mineralização da matéria orgânica do solo com o aumento da profundidade do solo e com maiores taxas nas áreas cultivadas.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Arcângelo Loss, Professor Adjunto de Genese, Morfologia e Classificação de Solos da UFSC. Campus Florianopolis.
Professor Adjunto, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia Rural, Universidade Federal de Santa Catarina, Itacorubi, Florianópolis, SC, 88034000. E-mail: arcangeloloss@yahoo.com.br; arcangelo.loss@ufsc.com.br
Published
2013-11-20
How to Cite
Loss, A., Pereira, M. G., Perin, A., & Anjos, L. H. C. dos. (2013). Abundância natural de δ 13C e δ 15N em sistemas de manejo conservacionista no cerrado . Bioscience Journal, 30(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/17969
Section
Agricultural Sciences