Aspectos fisiológicos e bioquímicos de cultivares de soja submetidos a déficit hídrico induzido por PEG 6000

  • Flávia Campos Freitas Vieira Universidade Estadual Paulista
  • Célio Dias Santos Júnior Universidade Federal de Uberlândia.
  • Ana Paula Oliveira Nogueira Universidade Federal de Uberlândia
  • Ana Carolina Cordeiro Dias Universidade Federal de Uberlândia.
  • Osvaldo Toshiyuki Hamawaki Universidade Federal de Uberlândia.
  • Ana Maria Bonetti Universidade Federal de Uberlândia.

Abstract

Na cultura da soja, o déficit hídrico é um dos fatores limitantes à obtenção da máxima produtividade. A identificação de genótipos com capacidade de tolerância à seca é fundamental para a solução desse problema. Objetivou-se, neste trabalho, analisar a qualidade fisiológica e as respostas bioquímicas de cultivares de soja (MG/BR 46 Conquista, UFUS Carajás, UFUS Impacta, UFUS Riqueza e UFUS Xavante) submetidas ao estresse hídrico com soluções de PEG 6000 em diferentes níveis de potencial osmótico (0; -0,1; -0,2; -0,3 e -0,4 MPa). Avaliou-se a qualidade fisiológica das cultivares por meio dos testes de comprimento de plântulas e biomassa fresca e seca de plântulas. As respostas bioquímicas foram avaliadas pela detecção do ácido indol-acético, pelo conteúdo de sacarose e pelo transporte de água nas plântulas. A cultivar UFUS Riqueza apresentou os melhores desempenhos nos testes de qualidade fisiológica, conteúdo de sacarose, absorção e velocidade de absorção de água em plântulas. A cultivar UFUS Xavante mostrou a maior concentração de AIA e o maior massa de plântulas no teste de transporte de água.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Flávia Campos Freitas Vieira, Universidade Estadual Paulista
Mestranda em Agronomia da Universidade Estadual Paulista
Célio Dias Santos Júnior, Universidade Federal de Uberlândia.
Graduando do Curso de Biotecnologia da Universidade Federal de Uberlândia.
Ana Paula Oliveira Nogueira, Universidade Federal de Uberlândia
Engenheira agrônoma, doutora em genética e melhoramento de plantas, professora associada da Universidade Federal de Uberlândia
Ana Carolina Cordeiro Dias, Universidade Federal de Uberlândia.
Doutoranda em Genética e Bioquímica da Universidade Federal de Uberlândia.
Osvaldo Toshiyuki Hamawaki, Universidade Federal de Uberlândia.
Professor da Universidade Federal de Uberlândia.
Ana Maria Bonetti, Universidade Federal de Uberlândia.
Professora Titular da Universidade Federal de Uberlândia.
Published
2013-03-13
Section
Agricultural Sciences