Reação de genótipos de soja de ciclo semiprecoce e médio quanto à severidade de manchas foliares

  • Analy Castilho Polizel Universidade Federal de Mato Grosso/ARCIBALDO JOS
  • Fernando Cezar Juliatti Universidade Federal de Uberlândia
  • Osvaldo Toshiyuki Hamawaki Universidade Federal de Uberlândia
  • Edna Maria Bonfim da Silva Universidade Federal de Mato Grosso

Abstract

Este trabalho teve como objetivo avaliar 28 genótipos de soja, pertencentes ao ciclo semiprecoce/médio em quatro localidades. Estes materiais foram avaliados quanto à severidade de manchas foliares (mancha parda, mancha olho-de-rã, oídio e míldio) e produtividade de grãos. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, com três repetições. Verificou-se interações significativas entre genótipos x ambientes para as variáveis severidade de mancha parda, oídio, míldio, mancha olho-de-rã e produtividade. A linhagem UFUS 18, proveniente do cruzamento entre IAC 100 x Emgopa 302, mostrou-se produtiva e resistente às manchas foliares. Os genótipos UFUS 8 (IAS 5 x Emgopa 302), UFUS 22 (IAC 100 x Emgopa 302) e UFUS 23 (Cristalina x IAC 100) foram promissores, devendo ser indicados em Uberaba e Uberlândia, Uberaba e São Gotardo e Uberaba, respectivamente.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Analy Castilho Polizel, Universidade Federal de Mato Grosso/ARCIBALDO JOS
Graduação em Agronomia, mestrado em fitopatologia, doutorado em genética. Atualmente professora adjunta da UFMT.
Published
2013-07-01
How to Cite
Polizel, A. C., Juliatti, F. C., Hamawaki, O. T., & Bonfim da Silva, E. M. (2013). Reação de genótipos de soja de ciclo semiprecoce e médio quanto à severidade de manchas foliares . Bioscience Journal, 29(5). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/15080
Section
Agricultural Sciences